Você chegou ao Japão, mudou-se para sua nova casa e está começando a fazer amigos, mas tem mais um grande obstáculo para enfrentar: ir à secretaria distrital no Japão. Esta é uma viagem importante e um dos maiores desafios que você enfrentará quando se trata da vida cotidiana no Japão, mesmo se você for um falante fluente de japonês. Não é impossível, porém, e com um pouco de orientação, você sairá vivo e se tornará uma pessoa mais forte.

O que é e como utilizar a secretaria distrital

A secretaria distrital (区役所 kuyakusho) é como se fosse uma secretaria do conselho ou governo local. Assim como em outros países, eles atendem a diversos propósitos, registrando endereços, nascimentos, óbitos, casamentos, pagamento de contas, busca de informações etc.

A secretaria distrital no Japão é diferente para cada distrito, dependendo do tamanho dele, mas geralmente é dividida em várias seções e, quando você chegar pela primeira vez, precisará ir ao balcão principal de informações/registro, onde a equipe o orientará para a direção correta. Cada serviço tem uma equipe diferente, então esteja preparado para visitar várias partes diferentes da secretaria em uma viagem.

É importante lembrar que nem todos as secretarias distritais terão funcionários que falam outras línguas ou mesmo inglês como segunda língua. No entanto, eles terão algum tipo de sistema de orientação em vigor, seja informações impressas em inglês para os formulários ou intérpretes disponíveis no telefone, com algumas secretarias contando até com voluntários no local que ajudam como intérpretes. Lembre-se de estar preparado e, o mais importante, seja educado e paciente.

O que posso fazer lá?

Registro de endereço

O motivo mais importante ao visitar a secretaria distrital é registrar seu endereço ao se mudar para a sua nova casa. Isso deve ser feito dentro de 14 dias após encontrar um lugar permanente para morar. Lembre-se que você não pode usar o endereço de um hotel, Airbnb ou qualquer outra acomodação temporária para se registrar.

Você precisará preencher o formulário com seus dados pessoais e seu novo endereço. O endereço será então processado e impresso no verso do seu cartão de residência (Zairyū Card).

Nós recomendamos fortemente que você encontre um lugar permanente para morar (se ainda não o fez) e registre seu endereço o mais rápido possível após chegar ao Japão. Também é importante porque você não poderá entrar no seguro nacional de saúde sem ter um endereço registrado.

Se você decidir reservar uma acomodação temporária antes de se mudar para sua residência permanente, recomendamos adquirir um seguro de viagem para cobrir o tempo que ficará no Japão sem ter um plano de saúde.

Nós temos parceria com a World Trips e recomendamos eles como uma confiável corretora de seguros. O pacote deles de seguro cobre despesas médicas e de viagem, bem como encargos incorridos em caso de COVID-19 (SARS-CoV-2).

Você pode solicitar o seguro aqui: https://gogonihon.com/pt/seguro-saude-e-seguro-viagem-para-estudantes-no-japao/

Impostos

Você possivelmente terá que pagar o imposto residencial ao se mudar para sua nova casa no Japão e isso também é um serviço da secretaria distrital. Tudo depende do seu local de residência no dia 1° de janeiro. O imposto é definido por uma taxa fixa percentual calculada com base na sua renda no ano anterior no Japão. Você precisará fazer uma declaração de renda entre fevereiro e março de cada ano.

Seguro Nacional de Saúde

Dependendo das suas circunstâncias, você poderá precisar aderir ao seguro saúde do Japão. Se você não estiver coberto por outro seguro, como o oferecido por um empregador, precisará fazer isso na secretaria distrital no Japão. Ao registrar seu endereço, é possível que você seja direcionado ao Departamento de Seguro Saúde. É um processo semelhante com formulários e apresentação do seu cartão de residência.

Você receberá o seu cartão do seguro saúde que deverá ser apresentado à equipe das clínicas e hospitais. Você também receberá uma série de boletos de pagamento para pagar a taxa de uso do seguro. O pagamento é mensal e ele permite desfrutar das vantagens do seguro, como o de pagar apenas 30% do custo do tratamento médico. Os pagamentos são calculados com base na sua renda dos anos anteriores no país, de modo que são menores para novos residentes.

Assim como acontece com o seu endereço, será preciso notificar ao departamento apropriado, quando mudar de secretaria, pois os pagamentos serão feitos de acordo com o distrito.

My Number

Tal como ocorre com o cartão de residência e o seguro de saúde nacional, você precisará registrar o seu My Number assim que chegar. Embora não seja obrigatório, confira nosso seguia do My Number para entender por que pode valer a pena obtê-lo. Embora você receba um formulário para se registrar depois de ir à secretária distrital, você pode usar o escritório local para obter suporte ou se tiver alguma dúvida durante um processo.

Registro de carimbo

Como você deve saber, no Japão se usa com regularidade carimbos como assinatura ou autorização para documentos ao invés da assinatura. Embora algumas bancos e organizações permitam a assinatura, vale mais a pena obter seu próprio carimbo. Após fazer isso, você precisará registrá-lo e adivinha, a secretaria distrital é o lugar certo para fazer isso! O local é o Departamento de Registro Familiar ou o Departamento de Residência, depende do escritório, mas você precisará trazer seu novo carimbo e seu cartão de residência com você.

Registros gerais

Uma das principais funções da secretaria distrital são os registros. Se você tiver a sorte de se casar ou ter um filho no Japão, também precisará registrá-los na secretaria distrital.

Suporte

Dependendo do tamanho da secretaria distrital do seu distrito no Japão, também haverá vários serviços de suporte disponíveis para você. Um muito importante é o de apoio ao emprego que existe em muitas secretarias. Seja na procura por um emprego ou na preparação para entrevistas. Infelizmente, muitas vezes esses serviços estão disponíveis apenas em japonês, então vale a pena fazer uma pesquisa no site da secretaria distrital local antes de ir até lá.

Dicas e conselhos

A secretaria distrital também ajuda em assuntos que você sequer imagina, como com dicas e conselhos. Você descobrirá que cada secretaria tem serviços diferentes, mas a maioria oferece informações muito úteis sobre a vida no Japão. Muitos possuem uma lista de aulas em grupos locais para estudo de língua japonesa, uma abordagem mais casual que é um ótimo complemento para suas aulas formais de japonês. Outros têm clubes e grupos locais que você não encontra com facilidade em outros lugares. Por outro lado, para assuntos mais sérios, eles também têm conselhos locais de preparação para desastres e outras informações úteis para garantir que você saiba o que fazer se algo acontecer. Além disso, eles terão detalhes de instalações locais, como bibliotecas, centros esportivos, parques e assim por diante.

Há muita coisa que você precisará fazer na secretaria distrital do seu distrito no Japão, mas também muitas outras que você nem deve ter pensado que o ajudarão para se acostumar com sua nova vida no Japão. Vá até lá e veja o que você pode descobrir sobre sua área local.

Para mais dicas úteis sobre a vida no Japão, siga o blog da Go! Go! Nihon.