Estudar no Japão por 6 meses: planejamento e cronograma

Tempo de leitura: 5 minutos

Artigo atualizado dia 24 de agosto de 2022.
Você está pensando em morar e estudar no Japão por 6 meses, mas não sabe como ou quando começar? Não se preocupe, nós fizemos este guia útil de estudo no Japão para você, incluindo um cronograma de preparos. O processo é o mesmo se você estiver interessado em viver e estudar no Japão por 1 ou 2 anos com o visto de estudante.

Vamos começar!

Até seis meses antes do início do curso: Conheça suas opções

Caso pretenda estudar no Japão por 6 meses ou mais, comece a pesquisar as informações o mais rápido possível.

As escolas de língua japonesa abrem turmas em janeiro, abril, julho e outubro, mas nem todas as escolas abrem turmas quatro vezes ao ano. Nossa equipe pode ajudá-lo a encontrar as opções de período, cidades e escolas disponíveis para o período desejado por você. Normalmente você precisa reservar sua vaga seis meses antes. Caso queira vir ao Japão e se matricular na escola em julho, entre em contato conosco, no mais tardar, até outubro ou novembro do ano anterior.

Você pode ter uma ideia de qual escola é melhor para você, visitando nosso website, lendo nosso blog ou assistindo nosso canal no Youtube.

8 meses antes: Comece a estudar japonês

Recentemente a imigração japonesa criou um novo requisito para o visto de estudante. Em alguns casos (pessoas com mais de 30 anos, que se formaram a mais de 5 anos, etc) será obrigatório já ter um conhecimento básico de japonês. Nestes casos, a imigração exige que a pessoa tenha ao menos 150 horas de estudos de japonês, ou então que tenha passado em algum nível do exame JLPT.

Em alguns casos é aceito ter estudado por conta própria ou usando aplicativos, mas algumas escolas podem exigir que você tenha um certificado comprovando seus estudos (como um diploma de sua escola ou uma carta de um professor de japonês). Cursos online também são aceitos, desde que tenham um programa definido, como nossos cursos online de 12 semanas para iniciantes ou pré-intermediário. Conheça mais sobre o requisito de 150 horas em nosso artigo.

Independente do caso, todas as escolas recomendam que os alunos cheguem ao Japão já sabendo hiragana e katakana, para facilitar a adaptação e não perder tempo estudando algo que é simples de aprender em casa. Por isso, recomendamos fortemente que você já comece a estudar, mesmo que por conta própria, assim que decidir que quer estudar no Japão.

5-7 meses antes: Envie seus documentos e reserva sua vaga

Para estudar no Japão por seis meses ou mais será preciso solicitar um visto de estudante. O processo de entrada do visto tem várias etapas, desde fazer a documentação e verificação dos mesmos, até o envio dos documentos para a escola desejada e a imigração do Japão. O processo pode demorar bastante tempo.

Vale destacar que as escolas tem um número limitado de vagas para estudantes de língua e elas podem preencher muito rápido, então, quanto mais cedo você começar o processo para garantir sua vaga, melhor. Nós recomendamos que você faça isso assim que possível para garantir um lugar na escola de língua japonesa de sua preferência.

Você vai precisar providenciar uma série de documentos e garantias para que seu pedido tenha sucesso caso use nossos serviços. Nossa equipe informará a você sobre o que é preciso enviar com base em sua situação. Pode levar algumas semanas até completar esta etapa, que depende da sua situação e das exigências da escola. Nossa equipe o ajudará em todas estas etapas. Enquanto você estiver esperando uma resposta da escola (normalmente leva cerca de duas semanas), você poderá obter mais informações sobre o cotidiano no Japão lendo os artigos do nosso blog.

1-3 meses antes: Pague a taxa de matrícula e reserve seu voo

Nossa equipe enviará a fatura da mensalidade de seis meses emitida pela escola. Ao receber ela, será preciso pagá-la o mais rápido possível para concluir a inscrição. Até executar esta etapa, é impossível seguir para o próximo procedimento.

Assim que seu pagamento for confirmado, você precisará comprar sua passagem aérea para o Japão. Será preciso chegar no Japão alguns dias antes do início das aulas, porque o visto de estudante começa a valer a partir do seu dia de chegada no país e a duração do visto depende do que foi estabelecido pela sua escola.

2 meses antes: Reserve sua acomodação

A maioria das agências de imóveis do Japão só terá uma lista completa de moradia disponíveis cerca de um mês antes de sua data de chegada. Isso acontece porque no Japão normalmente se avisa da saída de um apartamento ou sharehouse apenas com um mês de antecedência. A Go! Go! Nihon tem uma ampla seleção de parceiros com diferentes opções de acomodação, desde apartamentos particulares, até sharehouses e homestay (hospedagem na cada de famílias japonesas), para que você possa escolher a melhor opção para você. Verifique nossa página de acomodações para ver todas as opções e entre em contato se quiser saber mais detalhes ou se já decidiu o que reservar.

1 mês antes: COE e recebendo seu visto 

Após pagar a mensalidade, cerca de 1 a 2 meses antes do início das aulas, a escola enviará o seu COE (Certificado de Elegibilidade) pelo correio. O COE é o documento que será preciso enviar para o consulado japonês de seu país para solicitar oficialmente o seu visto de estudante. Recomendamos que vá para o consulado assim que receber o COE; o processo para obter o visto demora apenas 3-5 dias, mas desde o COVID-19 os consulados só estão atendendo com agendamento, o que pode demorar.

passaporte brasileiro

2-3 semanas antes: Prepare suas malas para o Japão!

Nesse momento, seu visto de estudante estará em seu passaporte, sua matrícula estará confirmada e sua moradia reservada. É hora de arrumar suas coisas e se preparar para o Japão. Temos uma lista completa de recomendações para você levar ao Japão em um de nossos artigos.

Chegando no Japão

Não se esqueça de verificar com nossa equipe quando será o primeiro dia de aula e também verifique o endereço da escola. Não se atrase no primeiro dia!

As notas e a presença afetam o resultado final no fim do semestre e só será possível passar para o próximo nível, caso consiga passar no exame final. Quando você vai ao Japão com o visto de estudante, seu objetivo principal, de acordo com o seu status de imigração, é aprender japonês, então você deverá ir às aulas todos os dias, fazer sua lição de casa e continuar estudando. Com o visto de estudante é possível trabalhar em empregos de meio-período por até 28 horas semanais. Porém, não se esqueça que estudar e ir à escola são suas principais prioridades.

Quer ficar por mais tempo? 

Normalmente é possível estender o período do visto de estudante com a mesma escola de língua japonesa caso você esteja progredindo em seu curso. Na maioria dos casos não é preciso voltar para seu país de origem para estender o visto. No entanto, é preciso confirmar com sua escola ou com o coordenador de estudantes do Go! Go! Nihon se é possível estender o seu curso e por quanto tempo.

Para qualquer dúvida sobre o procedimento de solicitação de visto de estudante ou caso deseje abrir uma solicitação de matrícula, entre em contato com a Go! Go! Nihon. Nós vamos ajudá-lo durante todo o processo.

E para mais informações sobre a vida no Japão e a cultura japonesa, acesse nosso blog!

Compartilhe este artigo

Go! Go! Nihon

Artigos relacionados