Depois de muita pesquisa e dúvidas respondidas, você está certo de que quer vir estudar no Japão. Porém, falta decidir aquele ‘item’ que pode ser considerado um dos mais importantes antes de mudar:  a acomodação.

Moradia vai ser sempre algo complexo, não importa o país que você esteja. A acomodação também é o item que mais pesa no seu orçamento, seja para morar quanto viajar a turismo. Felizmente, o Japão oferece diversas opções nesse ponto, como share houses (casas compartilhadas) e apartamentos individuais. Nesse post vamos falar das vantagens e desvantagens de morar em uma share house no Japão.

O que é uma share house?

Como a própria palavra diz em inglês, a share house nada mais é do que uma casa compartilhada: todos os ambientes da casa, com exceção do próprio quarto, são comuns. Os espaços compartilhados nessas moradias incluem a sala de estar (onde os moradores podem se reunir), a cozinha, os chuveiros e os banheiros. Se você quer economizar mais ainda, existem casas que compartilham até o próprio quarto, como se fosse um albergue.

Por conta do seu baixo custo inicial e aluguel mais em conta, a casa compartilhada é uma das alternativas mais populares para se viver no Japão, mesmo entre os japoneses que acabam mudando para outra cidade para trabalhar.

Eles podem ser encontrados em diversas cidades. Algumas share houses no Japão são destinadas a pessoas com hobbies específicos, como música ou esportes, oferecendo a chance dos moradores de conhecerem pessoas com gostos/profissões parecidos com os seus.

Pessoas fazendo um brinde

Vantagens

Mudar para um novo apartamento pode acabar saindo muito caro no Japão, especialmente em Tóquio. Há gastos com móveis, eletrodomésticos, decoração, etc. Isso sem contar as diversas taxas que você precisa pagar quando muda para um apartamento individual.

Em uma share house, esses custos iniciais costumam ser muito mais baixos. Por exemplo, raramente esse tipo de moradia exige o key money (um dinheiro que é basicamente um presente para o dono do imóvel, quase sempre cobrado em apartamentos individuais). Porém, o pagamento do depósito é quase sempre necessário, que será devolvido no dia em que você sair do quarto. Outra vantagem é que as contas de luz, água, gás e internet são quase sempre inclusas no aluguel também, assim como a limpeza da casa.

A casa já vem completamente mobiliada, com TVs, sofás, geladeira, máquina de lavar etc. Algumas casas podem ser mais simples enquanto que outras podem oferecer equipamentos de última geração. Os quartos geralmente também já são mobilados: isso significa não ter que gastar tempo e dinheiro recorrendo a lojas de móveis.

Viver em uma casa compartilhada no Japão também oferece a oportunidade de fazer novos amigos de todos os cantos do mundo e, principalmente, praticar japonês todos os dias. Além dos estrangeiros, diversos japoneses optam por ficar nesse tipo de moradia. Eles também podem querer aprender inglês (ou outro idioma) e aí pode rolar uma ajuda mútua: você podem conversar em japonês e no idioma que a outra pessoa queira praticar e todos saem na vantagem.

Por último, mas não menos importante, é a presença de um gerente em cada casa: ele age como um intermediário entre você e a agência e cabe a ele se virar caso haja problemas com a estrutura ou com os colegas de quarto.

Desvantagens

Viver com outras pessoas, tanto no Japão como em qualquer outro lugar, significa ter que se comprometer. Por exemplo, você precisa sair cedo de casa e o banheiro pode estar ocupado por outro morador. Algumas casas oferecem quarto com banheiro incluso também, e se isso for muito importante para você, vale a pena pesquisar e eliminar essa desvantagem.

Outro ponto importante é a limpeza das áreas comuns: embora cada casa compartilhada tenha um regulamento a ser respeitado, sempre haverá alguém que não vai limpar os pratos depois de usá-los. A agência faz a limpeza, mas às vezes eles são reduzidos ao essencial.

Viver em uma casa com desconhecidos requer uma mentalidade mais aberta e pode exigir uma certa paciência. Estabelecer um diálogo com seus colegas de casa é importante, de modo a atender uns aos outros as suas necessidades e tornar a convivência mais pacífica. Se a sua primeira experiência não for boa, é sempre possível sair e procurar outra casa. Peça ajuda ao gerente, ele pode te ajudar a encontrar uma outra casa da mesma empresa. Você pode se surpreender.

quarto em uma share house

Informações importantes

A busca por acomodação começa cerca de um mês antes de chegar ao Japão: a equipe do Go! Go! Nihon pode te ajudar a encontrar uma casa compartilhada que atenda às suas necessidades. Você precisará de um passaporte, visto de turista ou estudante e um cartão de crédito. Algumas agências também aceitam transferências bancárias, enquanto outras só dinheiro ou pagamento direto no escritório, então preste atenção na hora de fazer o contrato.

Cada share house no Japão tem suas próprias regras. A mais importante é a coleta seletiva de lixo, muito rigorosa no Japão. Você terá que separa o lixo, lavar as garrafas e colocar tudo para fora apenas nos dias certos. Outra regra é sobre visitas, onde cada casa vai ter a sua e por isso é importante pesquisar. Algumas podem não permitir, outras podem querer cobrar um dinheiro extra por cada noite, etc.

Outra regra importante é sobre o barulho: evite assistir TV ou escutar música muito alta para não incomodar os outros moradores, especialmente à noite.

Finalmente, se você está no Japão por pouco tempo, a share house é considerada uma acomodação prática e barata, já que eles aceitam contratos de uso mensal, podendo sair dando um mês de aviso prévio a qualquer momento.

Conclusão

A share house pode ser uma escolha difícil, especialmente para aqueles que são tímidos: a ansiedade de ter que dividir uma casa com estranhos em um país longe de casa pode fazer com que você desista. É necessário ter paciência e um pouco de sorte de se mudar para uma casa onde as pessoas tenham uma noção melhor do que é dividir um ambiente com outras pessoas.

Mas não tenha medo! Após o choque inicial, você vai ver que viver com pessoas de diferentes nacionalidades permite que você cresça não apenas do ponto de vista linguístico, mas também cultural. Essa vivência é uma experiência única!

E, finalmente, tenha respeito pelo próximo. Você irá conviver com pessoas de diversos cantos do mundo, com culturas, religiões, costumes e pensamentos diferentes. O importante é respeitar e nunca faltar com educação.

A Go! Go! Nihon possui alguns parceiros selecionados que oferecem tanto apartamentos individuais quanto share houses. Entre em contato conosco que podemos te ajudar na busca da sua moradia perfeita!

Se você quiser conhecer mais sobre o Japão e sua cultura, siga o blog do Go! Go! Nihon.