Os sobrenomes japoneses mais comuns, seus significados e suas histórias

Tempo de leitura: 6 minutos

O que importa um nome, afinal? Bem, se você cresceu no Japão, muito.

Por trás dos sobrenomes japoneses sempre há uma rica história. Cada um conta uma história ligada a um antigo clã (embora a confiabilidade de cada história possa ser controversa). Um sobrenome pode dar algumas pistas sobre o local de origem de seus antepassados, ou até mesmo revelar a geografia da região de onde ele veio.

Os nomes japoneses são igualmente complexos. Os sobrenomes japoneses levam em conta os sons, o significado e até mesmo a “sorte” de um nome antes de serem dados a um recém-nascido. Adicione algumas complicações com kanji à mistura e você tem um fascinante labirinto de idéias, significados e influências.

Mas não se preocupe! Ao final deste artigo, esclareceremos tudo o que você precisa saber sobre nomes japoneses.

Os nomes japoneses mais comuns e seus significados 

Sobrenomes

Existem mais de 100.000 sobrenomes japoneses. Entre esses, 10 deles são extremamente comuns. Tradicionalmente os nomes refletem a geografia da região de onde a família veio. Por exemplo, Yamamoto (山本) significa “pé da montanha”. E Ishikawa (石川) significa “rio das pedras”. Assim, é fácil ver que algumas áreas tem muitas pessoas com o mesmo sobrenome

Vamos começar vendo os 10 sobrenomes japoneses mais populares:

  • Sato 佐渡. Este sobrenome vem de um clã influente, dando a ele um ar refinado. O primeiro kanji, sa (佐), significa ajudar. O segundo, (藤), significa glicínia. É possível que venha de uma família generosa que vivia perto de glicínias.
  • Suzuki 鈴木. O segundo sobrenome mais comum, sua origem é desconhecida. Os kanjis podem significar árvore de sinos, alusão à prática de pendurar sinos em árvores para propósitos religiosos.
  • Takahashi 高橋. A tradução literal seria “Ponte alta”: taka (alto 高) e hashi (ponte – 橋). A origem do sobrenome é desconhecida, mas é possível que venha de famílias que moram em vales ou planaltos, próximas a pontes famosas.
  • Tanaka 田中. Este sobrenome tem um ar genérico e costuma ser usado como “da Silva”, um sinônimo de nome popular qualquer. É um sobrenome de origem humilde, dos campos de arroz:  ta (arrozal – 田) e naka (meio, de dentro – 中).
  • Watanabe 渡辺. Este sobrenome vem de um nobre clã de samurais criado pela família Minamoto por volta do século X. Significa cruzar uma área ou fronteira: wata (cruzar – 渡) and nabe (área/fronteira – 辺).
  • Ito 伊藤. Este sobrenome pode estar ligado a um antigo clã de regentes imperiais chamado Fujiwara. Sua história é longa e próspera, tendo início em 1868. O significado é um pouco ambíguo: i (isto/aquilo – ) e to (wisteria – ). Outra leitura é Iso no Fujiwara (o Fujiwara de Ise).
  • Yamamoto 山本. Este é um sobrenome com kanjis simples e uma origem igualmente humilde. Provavelmente representa a geografia da região de onde a família veio. Yama (山) significa “montanha”, e moto(本) a “base”.
  • Nakamura 中村. O oitavo entre os sobrenomes japoneses mais comuns é bem simples também, denotando pessoas de uma pequena vila: naka (meio, de dentro – 中) mura (vila – 村).
  • Kobayashi 小林. Este sobrenome significa bosque: ko (pequeno – 小) e bayashi (floresta – 林). É o sobrenome de vários artistas, atores, poetas e escritórios, mas suas origens são incertas.
  • Saito 斎藤. Sai (斉) faz referência a uma refeição dos monges. Ele dá um ar abençoado ao sobrenome. Também há uma referência ao clã Fujiwara no segundo kanji to (藤), o mesmo kanji da flor wisteria. 

Placa mostrando o sobrenome japonês "Fukaya"

Nomes

Assim como em países ocidentais, o som do nome é importante. Nomes japoneses que soam agradáveis e harmoniosos são mais comuns. Ao contrário do mundo ocidental, cada nome japonês possui um significado. As palavras escolhidas (normalmente dois kanjis) simbolizam as aspirações dos pais para o futuro da criança.

Por exemplo, Yamato (大和) significa “grande harmonia” – um nome perfeito para alguém pacífico. E Atsuko (温子) significa “sinceridade calorosa”, um nome que passa a esperança de que a criança seja honesta e caridosa. 

O final do nome serve como dica para saber se é um nome masculino ou feminino. Nomes com final “ro”, “shi”, “ya”, e “o” costumam ser masculinos, enquanto “ko”, “e”, “mi” e “yo” costumam ser femininos,

Abaixo alguns exemplos de nomes masculinos e femininos:

  1. Masako (雅子) – criança elegante, refinada
  2. Shota (翔太) – saudável, estável, próspera
  3. Takeshi (健) – saudável
  4. Yuko (優子) – criança gentil
  5. Keiko (恵子) – criança sortuda
  6. Kazuo (一雄) – primogênito
  7. Akemi (暁美) – beleza natural
  8. Yuna (結愛) – conectada pelo amor
  9. Midori (緑) – verde
  10. Miki (美紀) – beleza

Como os nomes japoneses são escolhidos 

Forma tradicional de escolher o nome

Os pais japoneses escolhem os nomes dos filhos com base em vários fatores. Um dos mais comuns é a ordem de nascimento, especialmente para os filhos homens:

  • Yoichi (陽一) – Primeiro filho
  • Shinji (真二) – Segundo filho
  • Saburo (三郎) – Terceiro filho

Outra fonte de inspiração muito popular são nomes relacionados à natureza:

Exemplos de nomes ligados à natureza

  • Ayaka (彩華) – flor colorida
  • Haru (陽, 春) – luz do sol, primavera
  • Sakura (桜) – florada das cerejeiras

Características físicas ou da personalidade da criança também são usadas na hora de escolher um nome, ilustrando os anseios dos pais:

Exemplos de nomes ligados à personalidade

  • Daisuke (大輔) – grande ajuda, muito solícito
  • Kei (慧) – sábio, inteligente
  • Yuki (幸) – sorte, felicidade

Por fim, outra forma tradicional de se escolher o nome da criança é baseado na sorte. Alguns kanjis são mais “sortudos” que outros, com base em sua etimologia, no número de traços (seimeihandan – 姓名判断), e vários outros fatores ligados à cultural japonesa.

Por causa disso, o Japão proíbe alguns nomes devido a má sorte ou conotações negativas. Kanjis como aku (mal – 悪), shi (morte – 死), e yamai (doença – 病) não podem ser usados.

Forma moderna de escolher o nome

Apesar de ainda raro, cada vez mais os pais usam hiragana e katakana na hora de escolher o nome da criança. Nomes em hiragana tem um tom mais delicado e feminino, enquanto nomes em katakana tem um tom mais moderno e futurista.

Mas ainda é algo incomum, que destoa de outros nomes japoneses por parecer o nome de um estrangeiro. E nunca se mistura ou usa como sobrenome.

No passado também era comum se inspirar no nome do imperador do Japão, mas em tempos recentes nomes de atores, artistas e personagens de anime e mangá se tornaram mais populares.

Escrevendo nomes japoneses

Os kanjis adicionam significado aos nomes japoneses  – e os faz parecer bonitos também! Mas há um problema. É difícil saber como pronunciar o nome de alguém sem furigana, os pequenos hiragana acima dos kanji que servem como guia de leitura.

Há alguns kanji com pronúncias idênticas em caracteres diferentes. Alguns têm o mesmo significado em caracteres diferentes. E alguns têm significados e sons idênticos, mas caracteres diferentes.

Nos documentos oficiais você sempre verá um pequeno espaço acima do nome de alguém para escrever na furigana. Esta é uma razão pela qual a troca de cartão de visitas ainda é tão comum nos negócios. No telefone, os japoneses têm que “soletrar” seus nomes como um ocidental para esclarecer qual kanji usar.

Por exemplo, se seu nome fosse Haruki (春輝) você diria “haru como em harumaki (春巻き) e ki como em kido (輝度)”.

Person standing at window looking down on Shibuya crossing

Chamando os outros pelo nome

É extremamente raro chamar alguém apenas pelo primeiro nome no Japão. A menos que seja um amigo muito próximo, um namorado(a) ou uma criança. A cultura está mudando lentamente, mas o Japão ainda usa muito uma cultura de “sobrenome”. Deve-se evitar usar o primeiro nome de alguém por conta própria, especialmente em um ambiente profissional.

Ao invés disso, você deve adicionar um título honorífico ao final dos sobrenomes japoneses. Isto o faz soar mais suave e mostra respeito. Vamos ver alguns títulos comuns abaixo.

Honoríficos comuns

  • -san (さん): O honorífico geral, usado para todos os fins, Sr. ou Sra. Quando em dúvida, use -san.
  • -chan (ちゃん): Um honorífico bonito. Usado para amigos próximos e crianças.
  • -kun (くん): Um honorífico para os mais jovens ou menos experientes. Também dá um ar fofo quando usado para meninos mais novos ou para amigos.
  • -sama (様): Este é um honorífico muito educado, demonstrando grande respeito. Em um ambiente de negócios, clientes recebem este honorífico.

Leia mais sobre os honoríficos japoneses em nosso artigo AQUI.

Quando posso usar o nome próprio de alguém?

Esta é uma dança complicada e uma fonte de frustração para muitos ocidentais. A regra básica aqui é observar os outros e agir de acordo. Se alguém tem um apelido ou é chamado pelo nome próprio por todos, você pode perguntar como eles preferem que você os chame.

Caso contrário, use o sobrenome e -san, a menos que lhe digam para usar outra coisa.

Aprenda mais com a Go! Go! Nihon!

Se você quiser saber mais sobre o Japão, confira nosso blog para saber mais sobre a língua, a vida cotidiana e a cultura japonesa.

Compartilhe este artigo

Go! Go! Nihon

Artigos relacionados