Você já deve ter ouvido que é impossível estudar no Japão depois dos 30 anos. Mas, felizmente para aqueles que se enquadram nesta categoria, saiba que isso não é verdade e nunca é tarde para perseguir seus sonhos no idioma japonês.

No entanto, há algumas coisas que você precisa saber antes de solicitar o visto de estudante.

Resolvendo os primeiros problemas

O maior problema para alunos mais velhos é a diferença entre o ano de graduação do ensino médio ou do ensino superior e o momento da inscrição em uma escola de idiomas. Se a diferença for superior a 5 anos, a imigração japonesa solicitará mais informações sobre seu desejo de estudar no Japão. Normalmente isso significa apenas que você precisará escrever uma carta detalhando por que deseja estudar japonês e/ou enviar cópias impressas de documentos específicos, em vez das cópias digitais.

Esta é sua chance de provar a sua paixão e dedicação em aprender a língua japonesa, sendo um bom momento para pensar no que você realmente deseja alcançar.

Disponibilidade de escolas 

Algumas escolas de japonês têm limite de idade na hora de aceitar alunos, no entanto, a maioria de nossas escolas dá suporte para estudantes mais velhos e ajudamos pessoas com 30 anos ou mais a se inscreverem com êxito em escolas de língua japonesa. Fale conosco e nós ajudaremos você a encontrar a melhor opção.

Study in Japan over 30

Idade é somente um número

Inscrever-se para estudar no Japão depois dos 30 anos é o mesmo procedimento que para outras pessoas. Os requisitos um pouco mais rígidos não devem afastar ninguém se é algo que essa pessoa deseja seguir.

Estudar no exterior quando você é um pouco mais velho é incrivelmente gratificante, afinal quase sempre você gosta de coisas diferentes em relação à quando você estava no final da adolescência ou com uns 20 anos. Você também normalmente tem uma visão mais clara de suas metas e do que deseja alcançar, pois você já deve possuir uma experiência de trabalho e vida profissional. Isso pode ajudar bastante na hora de se manter motivado para os estudos, principalmente quando os kanjis começarem a ficar difíceis e parecerem ter todos a mesma aparência.

Sua experiência de trabalho também pode ser bom para você se seu objetivo final for trabalhar no Japão em período integral. É possível elevar suas habilidades no idioma até o nível de negócios depois de cerca de dois anos de estudos em período integral. Caso possua as qualificações corretas, você ficará em uma boa posição para encontrar o emprego que deseja.

Além disso, se você tem um diploma de bacharel ou experiência significativa, também pode fazer um MBA em Tóquio pela GLOBIS University. O programa em período integral pode ser concluído em apenas um ano e a extensa rede de contatos que o programa oferece servirá como suporte na hora de buscar emprego após os estudos.

Visite nosso site para mais informações da GLOBIS e seu programa de MBA de um ano.

Se você estava preocupado em não poder vir ao Japão para estudar por estar com mais de 30 anos, não se preocupe. É provável que você receba mais perguntas sobre os seus motivos de querer ir ao Japão para estudar, mas se estiver motivado e tiver razões para ir ao país, as perguntas extras não serão uma grande barreira.

Sinta-se a vontade para entrar em contato conosco se tiver perguntas!