Para muitos o Japão é tido como um país com alto custo de vida. Como no caso de muitas outras grandes metrópoles, você normalmente pode precisar apenas descobrir as melhores maneiras de economizar. Nós amamos o Japão, não queremos que você abandone seus planos de morar e estudar aqui por conta disso. Por isso, reunimos aqui, algumas dicas e orientações de como estudar no Japão de forma econômica.

Moradia 

Como na maioria dos casos, grande parte dos gastos são aqueles relacionados a moradia. Mesmo assim, você ainda pode contar com algumas opções, que para surpresa de muitos estão em grandes cidades.

Dependendo do lugar em que cresceu, você pode estar familiarizado com o conceito de casas compartilhadas/shared housing. Seu funcionamento pode ser um pouco diferente no Japão, mas elas continuam sendo uma opção. Além do seu quarto pessoal, uma share house conta com áreas comuns, incluindo a cozinha, sala de estar e banheiros. A diferença das Share houses do Japão, comparadas com as de outros países, está na sua gerência e administração. No Japão elas geralmente tem seu serviço de administração feito por empresas terceirizadas, e não por um proprietário privado. Isso traz alguns benefícios, como a presença de faxineiros, e instalações conservadas e bem cuidadas.

Esta é uma ótima opção para economizar e ainda fazer novos amigos. A parte de socialização também está relacionada a economia! Já que você não precisará sair para conhecer novas pessoas, uma simples visita a cozinha pode acabar sendo o suficiente.

Muitas escolas oferecem dormitórios aos seus alunos, outra excelente forma de poupar dinheiro. Funcionam de forma bem parecida às Share Houses, mas você possivelmente ficará em um quarto compartilhado. No entanto, você economizará ainda mais, já que não precisará gastar com o tramite até sua escola! Um outro grande benefício está diretamente ligado a como estudar no Japão de forma econômica! Você poderá contar com colegas que talvez possam tirar suas dúvidas.

Possibilidades de locomoção

Próximo passo, transportes e possibilidades de locomoção. Se estiver aproveitando ao máximo a sua experiência de estudar fora no Japão, os gastos com transporte podem ser seu próximo grande desafio. Ainda mais se quiser aproveitar a oportunidade para conhecer os quatro cantos do Japão.

Passe de trem no Japão

Caso viagens de trem entre duas estações, para escola ou trabalho, por exemplo, façam parte da sua rotina, recomendamos que adquira um passe de trem. Disponível nos caixas de compra eletrônicos e na bilheteria, o passe garante viagens ilimitadas entre duas estações durante um período fixo. Múltiplas rotas podem ser cobertas dependendo do seu ponto de partida e de chegada.

Mesmo que esse tramite logístico não faça parte da sua rotina, dependendo da rede de transportes que você costuma usar, vale sempre a pena conferir se passes de um dia ou uma semana, não estão disponíveis. As grandes cidades, em particular, disponibilizarão este serviço pensando nos turistas, o que não te impede de usar desse benefício durante um dia planejado para atividades turísticas. Inclusive, muitas vezes são disponibilizadas ofertas ainda mais econômicas para entrada em pontos turísticos populares.

Bicicleta

Se estiver disposto a realmente abraçar sua nova vida no Japão, uma bicicleta pode ser uma escolha super conveniente. Recomendamos que calcule a distância entre os seus locais mais frequentados, já que certamente irá vivenciar dias de chuva forte, onde provavelmente não se sentirá tão a vontade para ir pedalando ao seu destino, e não queremos que essa seja uma situação constante.

O registro da sua bicicleta é muito importante, e ao adquiri-la você terá um custo inicial associado, mas ao olharmos o dinheiro economizado a longo prazo, veremos o quanto vale a pena. Além de serem muito usadas, a maioria dos lugares no Japão é bastante bike-friendly.

Seishun 18 pass

Se estiver no Japão como estudante e por mais de três meses, você não será elegível para receber o famoso Japan Rail Pass. No entanto, ainda existem outras alternativas para explorar o país de forma econômica. Uma boa primeira opção é o Seishun 18 pass, embora com uso limitado a apenas alguns feriados, e não aplicável ao shinkansen ou aos expressos limitados/limited express, você ainda pode aproveitar 5 dias de viagem com ele. É uma ótima maneira de conhecer o Japão em um ritmo mais leve.

Ônibus noturnos

Nossa forma favorita de economizar é através do uso dos ônibus rodoviários, em particular, os ônibus noturnos. Muitas ofertas são regularmente oferecidas, e viajando à noite você cobre basicamente sua acomodação, além da sua viagem. Para muitos, pode não soar como uma boa ideia, mas os ônibus japoneses são muito melhores do que aqueles com os quais você provavelmente está acostumado. Eles geralmente disponibilizam, inclusive, assentos reclináveis e cobertores para tornar sua viagem mais confortável.

Comer e beber

O terceiro item da nossa lista sobre o custo de vida no Japão diz respeito a sua alimentação. Comer e beber! Como na grande maioria dos lugares, comer em casa te ajudará a economizar muito. Estudantes geralmente não contam com muito dinheiro e uma das melhores formas de economia é a com alimentação. Porém, você possivelmente precisará adaptar sua dieta para aproveitar ao máximo os itens com desconto e os pratos mais consumidos. Por exemplo, se você gosta de preparar seus próprios sanduíches, logo mudará de ideia quando olhar o preço e tamanho do pão. É possível também que já esteja familiarizado com o fato de que frutas e legumes tem preços exorbitantes no Japão. Mas não se desespere, os supermercados estão repletos de gostosuras escondidas na seção de itens com descontos. Recomendamos que faça algumas visitas prévias para descobrir assim a hora certa de conseguir comprar os produtos com desconto.

Se você está mais afastado da cidade, é mais provável que encontre lojas locais/artesanais de frutas e vegetais, que geralmente são muito mais baratas e você ainda estará apoiando produtores locais.

Comer fora no Japão, é na verdade uma opção muito barata, o país conta com uma vasta rede de restaurantes econômicos, além de buffets liberados com preço fixo e os populares restaurantes one coin meal. Como deve imaginar, são as famosas redes de restaurante como Yoshinoya, Matsuya, Sukiya e Coco’s, e os pequenos estabelecimentos gerenciados por famílias, que muitas vezes estão fora dos roteiros mais conhecidos, que oferecerão refeições com preços razoáveis.

Vida cotidiana

Para mobiliar sua nova casa, nossas opções favoritas são as lojas de 100 yen como a Daiso, Can Do e 3 Coins. Reunimos nesse artigo muitas informações úteis para que você tire o maior proveito desses estabelecimentos. Para se vestir bem gastando pouco, há muitas lojas de roupas usadas onde encontrará peças únicas com preços acessíveis. Harajuku é referência no assunto, mas a maioria das cidades têm uma área com excelentes lojas muito frequentadas por estudantes.

Aproveitando ao máximo sua experiência no Japão

Não faz muito sentido se mudar para um novo país e não poder tirar o máximo de proveito dele. E isso não significa que você não possa fazer de forma econômica. Estudantes, por via de regra contam com horários mais flexíveis  durante a semana. Oportunidade perfeita para aproveitar atrações que oferecem descontos nos dias úteis, como os manga cafés, e os super populares karaokes.

Confira os locais em volta de sua escola ou dormitório, você encontrará muitos com ofertas para estudantes e/ou descontos para grupos.
Se for daqueles cinéfilos de carteirinha, alguns dias possuem ingressos com preços promocionais, e se conseguir ir em sessões durante o dia, o desconto pode ser ainda maior dependendo da cadeia de cinemas.

Museus e áreas turísticas também costumam oferecer tarifas promocionais para estudantes, antes de ir, sempre verifique.

Por fim, aproveite ao máximo os eventos gratuitos, o Japão possui um número gigantesco de festivais que não custam um centavo ao longo do ano. A costa e o interior do país também são um espetáculo à parte.

Acampar, fazer caminhadas e passeios a pé, são uma ótima maneira de conhecer o país de forma econômica. Camping selvagem também é uma opção enquanto viaja, mesmo não sendo muito comum no Japão, basta verificar quem pode ser o proprietário da terra antes de armar sua barraca. Há também centenas de parques de campismo gratuitos em todo país, com instalações surpreendentemente boas.

Para ainda mais dicas e informações sobre o assunto, confira nosso artigo de como economizar dinheiro no Japão!

Agora que sabe várias maneiras de como estudar no Japão de forma econômica, não sabemos o que você ainda está fazendo aqui! Fale conosco e venha viver e estudar no Japão.