Você já deve ter visto em algum anime, mangá ou dorama as tradicionais mochilas japonesas chamadas randoseu (ランドセル), certo? Saiba que elas não são itens presentes apenas na ficção, como também fazem parte do cotidiano de qualquer criança japonesa e são um símbolo do período escolar no Japão. No nosso artigo de hoje vamos falar mais sobre elas, então vem com a gente!

Características das mochilas 

As randoseru são um item obrigatório durante os 6 primeiros anos do ensino primário de uma escola japonesa. Embora existam diversas cores, marcas e preços, o design padrão da mochila é exatamente o mesmo em qualquer parte do Japão. Há escolas particulares e de elite que exigem dos alunos modelos mais sofisticados, mas a grande maioria das instituições não tem grandes limitações quanto a este quesito. O preço mínimo de uma mochila é 3 mil ienes, podendo chegar a 50 mil para os modelos mais sofisticados.

Muitos modelos são feitos para se encaixar perfeitamente no corpo de uma criança, seja um menino ou uma menina, mas é sempre bom verificar se não é necessário ajustar alguma coisa,  como a alça ou a parte frontal, antes de comprar para o seu pequeno.

Outro detalhe importante é o peso. A grande maioria delas têm de 1 a 1,2 kg vazias, porém sempre é possível ter modelos acima deste valor, então fique atento. As randoseru são criadas para poder comportar os livros e cadernos de uma maneira organizada e evitar dores e problemas de coluna, mas o excesso de peso pode acabar se tornando um grande problema, por isso é bem sempre comprar o modelo mais leve disponível.

Quanto a durabilidade, elas foram feitas para serem resistentes e durarem os seis primeiros anos da vida escolar de uma criança. A mala feita de couro dificilmente estraga, independente de estar sendo usada por uma criança séria e cuidadosa ou uma criança brincalhona e desleixada! Existe até mesmo um instituto que verifica a qualidade e segurança de cada randoseru.

Japanese back pack randoseru

Impacto da randoseru na vida social japonesa 

Pode parecer estranho pensar no impacto social e cultural de uma simples mochila, mas a randoseru, assim como o uniforme escolar de marinheiro (セーラー服) revelam aspectos do pensamento escolar japonês. Considerando que a escola é uma das primeiras instituições a trabalhar na socialização de uma pessoa, o ambiente escolar é um espelho de uma determinada sociedade.

A igualdade é um valor muito forte na sociedade japonesa, seja por bem ou por mal. A ideia de que todos são iguais pode ser vista em exigências como penteados semelhantes, uniformes escolares padronizados em quase todo o país, regras de conduta universais e nas randoseru. Ter uma randoseru é um item obrigatório nas escolas e cria um senso de unidade nas crianças japonesas, assim como, o imaginário social japonês relaciona a randoseru com os seis primeiros anos de educação obrigatória.

Outro detalhe curioso é que muitas randoseru não tem estampas ou desenhos, exatamente para não haver grandes diferenças nos modelos utilizados por cada criança e criar o referido senso de unidade e também de harmonia, necessários para a vida escolar e também a vida na sociedade, especialmente em uma sociedade de pensamento coletivo, como é o caso do Japão.

Para os adultos, a randoseru é um item que traz nostalgia, afinal os faz lembrar dos primeiros anos da escola. Parte deles guardam seus modelos por várias décadas, como se fosse um verdadeiro tesouro. O carinho que alguns donos possuem com suas antigas companheiras de escola mostra também o orgulho pelo sistema escolar de seu próprio país.

O futuro das randoseru

Apesar de ser praticamente uma tradição do país e de ter mudado muito pouco ao longo do tempo, a randoseru não é imune a novidades. Considerando que antigamente os modelos disponíveis se limitavam a vermelho para as meninas e preto para os meninos, a disponibilidade de cores atuais causa inveja nos pais e avós das crianças de hoje.

E não se limita apenas as cores! O material que é feito a mochila pode variar bastante e a diversificação tem se tornado mais comum no tradicional mercado de randoseru, o que tem encarecido o valor médio gasto pelos pais na compra de uma mochila. Ele era é de 30 mil ienes em 2006 e passou para 52 mil ienes em 2019, um aumento de quase 2 vezes! E por que?

Com a sociedade japonesa cada vez mais velha e com menos crianças, os pais e avós estão mais propensos a dar do bom e do melhor para suas crianças, e as randoseru não são exceção. Com várias famílias com apenas um filho, não é preciso comprar duas ou mais randoseru para a criançada, deixando um modelo único e caro para apenas uma criança.

Apesar das mudanças, a randoseru é um item que deve ser usado por longos anos na sociedade. Mesmo que não existam leis ou regulamentos dentro das escolas que obriguem o uso da randoseru, para muitos japoneses é óbvio ter uma, não por obrigação, mas por um carinho pelas mochilas que são bastante únicas em relação ao resto do mundo!

Já encontrou uma por aí? 

Para quem é estudante (não do primário) no Japão, pode não parecer tão impactante a existência da randoseru, mas ela é sem dúvida mais um aspecto curioso e exótico da cultura e sociedade japonesa, então não deixe de aproveitar para dar uma olhada nas crianças passando nas ruas com as suas randoseru enquanto estiver no Japão a estudo. Dá até para comprar uma de lembrança durante sua estadia.

Se você quiser saber mais sobre a cultura japonesa não deixe de acompanhar o nosso blog.