Se você está curtindo o verão japonês, é bem provável que você irá ver pessoas muito bem vestidas desfrutando do calor. Mas o que é o yukata (浴衣), qual é o momento certo de vesti-lo e mais importante, como usar um yukata?

A primeira pergunta é bem simples de responder. O yukata é uma versão de algodão leve do quimono. Enquanto quimonos são normalmente bastante ornamentados e feitos de seda, o yukata é um pouco menos complicado de usar. Ele é feito de um tecido mais leve, sendo mais comum para as pessoas vestirem em eventos ligeiramente menos formais.

Quando usar um yukata

Yukata literalmente se traduz em roupão de banho e foi originalmente elaborado para ser usado dentro e em viagens para o onsen ou sento. Você ainda pode ver pessoas usando o yukata depois de um bom banho, mas hoje em dia ficou mais comum de vestir.

Se você ficar em um ryokan ao viajar pelo Japão, é provável que você receba um yukata no quarto. E você não precisa se restringir a usá-lo apenas no quarto. Hoje em dia, o yukata é usado por pessoas na cidade e você vai ver isso com mais frequência em cidades onsens (aquelas com diversas fontes termais), pois as pessoas saem nas ruas para fazer passeios noturnos.

Além disso, usar um yukata também ficou comum durante os festivais de verão. Tradicionalmente, a maioria dos yukatas era tingida de anil. Porém, nos dias de hoje, há uma variedade muito maior de padrões disponíveis e os japoneses certamente adotaram isso para a temporada de verão. Enquanto os quimonos são reservados para ocasiões mais formais, como casamentos e funerais, o yukata é muito mais fácil de vestir. Por essa praticidade, tornou-se comum usá-lo para assistir aos fogos de artifício de verão ou ir aos festivais ao longo do ano.

usar um yukata

Como vestir um yukata

O yukata é composto de um roupão de algodão, um obi (帯, cinto) e geta (下駄, calçado típico japonês feito de madeira). Você deve usar o roupão por cima da roupa íntima e, se quiser, de uma camiseta.

  1. O primeiro é o roupão. Coloque os braços e, em seguida, enrole o lado direito sobre o corpo e o lado esquerdo sobre este. Mantenha-o no lugar com a mão e pegue o obi. É importante fazer esta parte direito. Se fizer o contrário, você poderá encontrar pessoas que irão te parar para dizer que está errado. Isso ocorre porque colocar o lado direito sob o lado esquerdo é reservado para funerais e será considerado desrespeitoso.
  2. Agora, com o obi, prenda o meio na sua frente e, em seguida, enrole-o atrás de você e volte para a frente. Enrole-o duas vezes antes de amarrar na frente em uma espécie de nó triangular. Os homens devem amarrar seu obi em torno de seus quadris e as mulheres devem amarrá-lo em torno de suas cinturas.
  3. A maioria dos yukatas tem um comprimento só e você precisa enrolar o excesso em pequenas dobras sobre a cintura. Isto pode ser um pouco complicado, por isso é útil se tiver alguém para ajudar.

A maioria dos yukatas que você encontrar em seu hotel ou ryokan terá apenas um obi simples e fino, mas você pode comprar versões mais elegantes se você desejar. Estes têm um obi fino para manter o tecido dobrado no lugar em volta da cintura e, em seguida, um obi mais largo e mais colorido que deve ser amarrado ao redor das costas em um laço. Mais uma vez, isso é muito difícil de fazer você mesmo, então recomendamos pedir ajuda para alguém.

Agora é hora de vestir a sua geta e sair pela cidade!

Mas espera! Ficou faltando uma última parte. Alguns yukatas vêm com um casaquinho leve conhecido como hanten ou chabaori, que como você deve imaginar, vai por cima. Perfeito se estiver frio ao sair. Eles também muitas vezes têm bolsos, o que é útil se você for passear pela cidade.

Você pode experimentar esta atividade divertida em nosso próximo curso de viagem de estudo de inverno. Também organizamos essa atividade durante outras viagens, confira na nossa página inicial.

Traduzido do original por Andre Euphrasio