O famoso mercado de peixes de Tsukiji em Tóquio, com seus enormes caminhões transportando peixes frescos todas as manhãs cedo, mudou-se para Toyosu. Como é possível imaginar, um mercado tradicional e gigante de 83 anos não mudou de lugar tão facilmente. Embora mais de 600 comerciantes tenham se mudado, alguns simplesmente não conseguiram pagar pela mudança e tiveram que fechar. O que aconteceu? Por que Tsukiji se transformou no mercado de peixes de Toyosu e o que isso significa para os que querem ver os famosos leilões de atum?

Um longo tempo até ficar pronto

A mudança de Tsukiji para Toyosu concluída em 11 de outubro de 2018 não foi aleatória. Todas as partes envolvidas discutiam a modernização de Tsukiji há 50 anos, com as reformas começando em 1991, mas terminando em 1996 devido as preocupações de tempo e custo. Em 2001, o governo metropolitano de Tóquio havia decidido que o mercado seria movido para outro lugar.

Devido as limitações da quantidade de peixes e comida a ser comercializada, o então governador Shintaro Ishihara fez a escolha de mover Tsukiji para Toyosu. Tudo parecia que ficaria melhor em Toyosu. O mercado finalmente teria espaço para funcionar e crescer, além de ar condicionado em suas instalações, que ajudaria a manter o peixe fresco. O que é o contrário do mercado de Tsukiji, que era ao ar livre e dependia da natureza, ficando a mercê dela no calor do verão.

O mercado de peixe de Toyosu era anteriormente uma instalação da Companhia de Gás de Tóquio e uma investigação mais detalhada encontrou uma concentração de benzeno no solo de 43 mil vezes a mais que o nível ambiental permitido. O Governo Metropolitano de Tóquio decidiu remover 2 metros de solo de todo o local, substituindo ele por solo descontaminado e adicionando 2,5 metros de solo fresco no topo. No total, uma camada de solo limpo de 4,5 metros de espessura permitira a Toyosu começar como um lugar limpo.

A descontaminação do solo foi completada em 2014 e a construção do novo mercado ia bem até setembro de 2016, quando a governadora Yuriko Koike adiou a recolocação do solo para testar as águas subterrâneas do novo local. As autoridades descobriram que as camadas de solo limpo debaixo das instalações estavam ausentes. De fato, haviam espaços vazios no lugar da sujeira. Os oficiais envolvidos alegaram que os espaços vazios permitiam que equipamentos pesados fossem colocados no subsolo a fim de corrigir futuros problemas de contaminação. Embora em julho de 2018 o local do mercado de Toyosu tenha sido considerado seguro, comerciantes e clientes estavam preocupados: os alimentos ficariam seguros?

Tudo sobre o mercado de peixes de Toyosu

O mercado de Toyosu poderia até ter seus problemas, mas Tsukiji estava se tornando um local inadequado demais para lidar com o volume de seu mercado. Uma mudança era necessária. O mercado comercializa perto de 25% do peixe vendido no Japão e um mercado desse tamanho precisa ser capaz de regular a sua temperatura interna. Isso não era possível em Tsukiji. Além disso, haviam novas regras para terremotos, incêndio e higiene sanitária que precisavam ser seguidas.

O novo mercado é 1,5 vez maior e permite que o atacado, os leilões e o comércio ocorram em um só espaço. Há três construções principais em Toyosu: dois para frutos do mar e um para frutas, verduras e legumes. Todos são conectados com a estação de Shijo-Mae, assim como, cada um deles tem passarelas de pedestres e possuem áreas onde os turistas podem assistir ao leilões, sem atrapalhar os negócios. Isso é bem importante. Embora não seja mais um ambiente autêntico que mistura visitantes e vendedores, é importante lembrar que os comerciantes estão lá para fazer negócios. Os problemas entre os comerciantes e turistas estavam se tornando um grande problema em Tsukij. Então, embora não se possa mais estar no caminho entre o espaço dos atacadistas de peixe e os seus caminhões lotados de mercadorias, agora é possível ter uma visão geral de tudo que acontece durante o cotidiano no mercado de peixes.

Prédio 1: o local dos leilões de frutos do mar

Aqui é onde os leilões ocorrem. Considerando que antes os visitantes corriam o risco de perder os leilões de atum por causa da capacidade máxima da construção, no novo prédio há uma área específica para acomodar os turistas. Um longo corredor com janelas grossas, mantêm os visitantes aquecidos olhando para a área de leilão. Aqueles que querem chegar perto, podem descer as escadas para um deck de observação aberto que se conecta ao mercado, com seu cheiro particular de peixe e barulho dos comerciantes.

Prédio 2: o local onde se comercializa frutos do mar 

As lojas que vendem os frutos do mar comprados nos leilões estão fora do alcance dos turistas, mas há restaurantes e uma área comercial nesta região. Está procurando por uma faca sólida ou outros acessórios relacionados para melhorar suas habilidades de corte? Vá conferir as mercadorias no Uogashi Yokocho. Quer conferir a baía de Tóquio? Vá para o jardim no topo do local.

Prédio 3: o local onde se encontra frutas, verduras e legumes

Aqui é onde se encontra tudo que não é relacionado a peixes. Os visitantes podem ver as negociações de verduras e legumes, além de conferir outros restaurantes, se assim desejarem.

Rumo ao futuro

Apesar das controversas, a mudança ocorreu, e o governo de Tóquio acredita que será possível aproveitar ao máximo o novo mercado. Tsukiji era incrível. Era um lugar simples, romântico, perdido bem no meio do caminho que leva o peixe mais fresco do Japão para restaurantes de todo o mundo. Apesar das coisas terem mudado, Tsukiji não se foi. Simplesmente mudou de lugar. O novo ambiente fechado e regulado permitirá melhores condições sanitárias e preservação dos peixes, além de mais tranquilidade para quem trabalha nesta indústria.

A maior parte do mercado interno de Tsukiji estará no mercado de peixes de Toyosu, oferecendo os mesmos frutos do mar incríveis, esses mesmos que construíram a sua incrível reputação. A entrada também será gratuita. Aqueles que desejarem ver os movimentados leilões serão aconselhados a chegar às 4:30 da manhã, quando os leilões começarem. Não é preciso da entrada neste horário. Basta encontrar um bom lugar e se divertir!

Não se esqueça que em Tsukiji ainda tem deliciosos restaurantes de peixes. Participe de nossas viagens de estudo no Japão e faça um tour no Tsukiji com os cursos do Tokyo Essentials e o Tokyo 360.

Para mais informações sobre cultura japonesa, siga o blog da Go! Go! Nihon.

Cartão-presente Study Trips - Dê uma experiência inesquecível de presente

Saiba mais