A província de Oita (Ōita-ken 大分県) está localizada na ilha de Kyūshū 九州 e é famosa por suas milhares de fontes termais (onsen 温泉)  e por sua natureza intocada. Se pensa em morar em Oita e mergulhar nas suas montanhas, encostas e campos verdes, continue a ler para saber mais sobre a região!

Lugares para visitar na província de Oita

A província de Oita é a grande porta de entrada para o resto da ilha de Kyūshū, com Fukuoka 福岡, a capital, somente algumas horas de trem. Outras regiões de Kyūshū, incluem a ilha subtropical de Yakushima 屋久島, a cidade portuária de Nagasaki 長崎 e muitos outros lugares que são acessíveis de Oita por trem, ônibus, carro e avião.

Contudo, Oita também tem muitos lugares para visitar. Vamos dar uma olhada em alguns dos principais destinos que você poderia visitar caso morasse em Oita.

Uma mistura do ocidente e oriente na cidade de Oita

A cidade de Oita é a capital costeira da província de Oita e já foi uma porta de entrada para o mundo ocidental. Como resultado, é possível encontrar influências europeias e uma rica história cristã. 

Durante o século XVI, muitas pessoas que viviam em Oita se converteram ao cristianismo, após o senhor feudal que governava a província na época se tornar um católico romano. No entanto, o cristianismo foi proibido no século seguinte, o que obrigou muitos a renunciarem às suas crenças ou praticarem a fé às escondidas. Cerca de 200 pessoas se recusaram a abandonar a religião e morreram como mártires – a fé inabalada destas pessoas é lembrada no Christian Martyrs Memorial Park.

Outras atrações da cidade incluem os museus de arte, aquário, parque de macacos, ruínas de castelos e o Buda de pedra Oita Motomachi, que apresenta imagens de vários séculos atrás do Buda, esculpidas na rocha.

A Go! Go! Nihon tem parceria com uma escola de idiomas localizada na cidade de Oita, a Asuka Japanese Language School. Visite nosso site para mais informações.

onsen in Oita

Mergulhe no paraíso do onsen em 別府

Beppu é a capital do onsen do Japão, com uma variedade de fontes termais fumegantes e borbulhantes para ajudar a relaxar. Para quem quer experimentar algo diferente, há também banhos de areia, lama e vapor.

Se, em vez de mergulhar em uma fonte termal, quiser apenas observar a paisagem, pode visitar o Jigoku 地獄, ou, literalmente “inferno”. Ele consiste de 7 fontes termais que incluem piscinas de lama fervente e fumegantes de diferentes cores. 

As pessoas locais em Oita realmente aproveitam a energia térmica e até a usam para cozinhar. O jigoku mushi 地獄蒸し é um método de cozinhar alimentos usando o vapor natural das fontes termais. Você pode visitar um local chamado Jigokumushi Kōbō Kannawa 地獄蒸し工房鉄輪, que é um centro de culinária onde é possível alugar fogões a vapor. Basta trazer a própria comida, pagar, cozinhar e curtir.

Todo ano, em março, Beppu realiza o festival Hatto Onsen para celebrar a cultura do onsen. O festival é realizado ao longo de 4 dias e cada um deles apresenta uma atividade e atrações diferentes.

Além dos onsens, também há caminhadas em belos cenários para curtir. Caso não fique cansado, o Yufuin 由布院 nas proximidades, é uma cidade rural com onsens muito popular para passeios de um dia, além de ser uma fuga da cidade grande.

Leia mais sobre a cultura e etiqueta do onsen no Japão.

Uma fuga rural e espiritual para a península Kunisaki

Kunisaki Hantō 国東半島 é o lar de um grupo religioso único, Rokugo-Manzan 六郷満山, uma junção do budismo, taoismo, xintoísmo e crenças folclóricas. O grupo realiza suas atividades em uma área cercada de diversos templos nas montanhas da província e, o Usa Jingū 宇佐神宮  (santuário Usa), é dedicado a divindade budista do arco e flecha e da guerra, Hachiman 八幡. O santuário é o principal do Japão entre os dedicados a este deus.

No coração da península de Kunisaki há o Monte Futago (Futagosan 両子山). Em suas encostas é possível encontrar o templo Futago e o templo central de Rokugo Manzan.

Ao sul da província fica Kitsuki 杵築, uma bem preservada cidade samurai, que possui algumas residências destes famosos guerreiros. O público pode visitar essas casas. As pessoas locais até se esforçaram para manter o lugar sem fios de energia elétrica para dar um toque mais autêntico. Todos os anos, a cidade realiza o festival Kitsuki-jo, para celebrar sua história como cidade samurai, apresentando trajes da era Edo, além de um desfile.

Culinária local

Como a maioria dos outros lugares do Japão, Oita é abundante em frutos do mar frescos. No entanto, as pessoas da província comem mais frango que em qualquer outro lugar do país. Os dois pratos mais populares são o toriten とり天, que é um tempura de frango, e o karaage からあげ, frango frito. O toriten é frequentemente servido com mostarda e ponzu ポン酢, um molho de soja à base de frutas cítricas.

Um famoso prato de macarrão da região é o reimen 冷麺, que é um prato de macarrão frio feito de macarrão de trigo sarraceno servido com meio ovo cozido, repolho picante e azedo do tipo kimchi, rosbife fatiado, cebolinha e sementes de gergelim.

Outro prato popular de macarrão é o dangojiru だんご汁. A palavra “dango” significa bolinho de massa e geralmente são redondos e feitos de arroz bem pegajoso. Neste prato, o dango é transformado em macarrão e servido com uma sopa à base de missô e vegetais. A província é especialmente conhecida por seus cogumelos shitake, então sempre é possível esperar encontrá-los neste prato.

Leia mais sobre os diferentes tipos de macarrão do Japão.

Por que morar em Oita?

Uma das principais razões para morar em Oita como estudante de idiomas é que a província tem uma das maiores proporções de estudantes estrangeiros para estudantes japoneses. Isso tudo graças à Oita University e a Ritsumeikan Asia Pacific University, que é uma das principais instituições internacionais de ensino privado do Japão. Esta última tem uma proporção de metade para estudantes japoneses e metade de estudantes estrangeiros.

Isso significa que é possível conhecer pessoas do mundo todo, bem como do Japão. Além disso, Oita é o lugar perfeito para continuar estudando caso seu plano seja continuar os estudos após terminar a escola de idiomas.

Há também as vantagens de morar em uma cidade menor do Japão: o custo de vida é menor comparado com as cidades maiores, com habitantes locais mais amigáveis e mais oportunidades de praticar japonês.

Se tem curiosidade sobre como morar e estudar em Oita, entre em contato conosco hoje mesmo para se conectar com nossa equipe.