Praticar snowboard e esquiar no Japão são atividades populares de inverno. O país é reconhecido como um dos melhores destinos para os amantes dos esportes de inverno, oferecendo neve de alta qualidade, boas condições, paisagens de tirar o fôlego e atividades relaxantes após o esqui. Existem mais de 500 estações de esqui no Japão, desde a ilha norte de Hokkaido até a ilha sul de Kyushu, variando em tamanho e encostas. Este guia fornece algumas das melhores estações de esqui e como chegar neles.

A neve perfeita para visitar os alpes

A ciência por trás da neve abundante e de alta qualidade do Japão é explicada pela neve com efeito do mar. Os ventos frios fluem de oeste para leste, coletando umidade ao cruzar o mar do Japão. Além disso, a água no mar do Japão não congela – fornecendo uma fonte constante de umidade para o ar frio para produzir cristais de gelo perfeitos, secos e minúsculos ao cair na terra. O país recebe uma média de 760 a 1520 cm de neve. Essa neve recém-caída é conhecida como neve em pó: leve e seca, fofa e suave, o que contribui para uma experiência suave, solidária e agradável aos esquiadores. Esquiar no Japão irá te surpreender.

O melhor período para esquiar no Japão

Enquanto a temporada dura de dezembro a abril, a melhor época para ir é de janeiro a início de fevereiro. É importante lembrar que nessa época também temos o Ano Novo Lunar, quando muitos esquiadores e turistas passam férias no Japão, resultando em preços mais salgados e pistas mais movimentadas.

Prefeitura de Hokkaido

Hokkaido é o lar de algumas das melhores estações de esqui, conhecidas pela ótima neve, excelentes condições e paisagens. Viajar de Tokyo para Hokkaido requer um voo para Sapporo (é também possível usar trens, porém irá demorar mais e possivelmente será mais caro) e, em seguida, algumas horas de carro ou ônibus até o destino final.

Niseko está na parte norte de Hokkaido e aparece com frequência na lista dos melhores lugares do mundo para esqui e snowboard. Ao mesmo tempo, a popularidade faz com que seja uma das mais movimentadas durante a alta temporada. Há cerca de 50 quilômetros de terreno em ótimas condições. A estação é uma das maiores e é conhecida por sua neve em pó profunda, de alta qualidade e consistente, além de pistas longas, ideal para famílias e esquiadores de todos os níveis.

Rusutsu é uma estação de esqui completa e a maior em Hokkaido, estendendo-se por 3 montanhas. A área possui 37 cursos, totalizando 42 quilômetros de encostas bem cuidadas. Há também oportunidades para esquiar fora da pista ou em terrenos não tratados e sem marcação. Rusutsu também é muito familiar, oferecendo aulas para crianças, trenós puxados por cães, tubing (tobogã na neve, com boia) e motos de neve.

esqui no Japão

Prefeitura de Nagano

Nagano é conhecida por suas montanhas, arquitetura e fontes termais (onsen). Uma viagem de ida de Tokyo leva menos de 2 horas de trem.

O Vale de Hakuba é uma área de renome internacional nos alpes do norte do Japão. Afinal, o vale sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 1998. Lar de cerca de 10 estações de esqui, com mais de 200 pistas, os terrenos são conhecidos pela queda de neve consistente, produzindo neve em pó sem parar. As condições são boas com frequência e com declives um pouco mais íngremes do que os encontrados em Hokkaido. Para quem viaja de Tokyo, é fácil de chegar em Hakuba usando o trem-bala. Pertinho de lá também encontramos o famoso Snow Monkey Park, onde os visitantes podem observar macacos se banhando em onsens.

Nozawa Onsen é uma estação de esqui e uma vila onsen perto da cidade de Nagano, considerada o berço do esqui no Japão. Existem cerca de 36 cursos, com maioria para iniciantes. As aldeias históricas apresentam neve abundante, terrenos diversos e cerca de 30 tipos de onsen. Durante a temporada de esqui, existem mais de 100 restaurantes e bares para os visitantes desfrutarem.

Prefeitura de Gifu

Esquiar em Gifu oferece vistas de 360 graus das cordilheiras do norte. Localizada no centro da ilha de Honshu, fica entre Tokyo e Kyoto. De Tokyo, os visitantes podem pegar uma combinação de trens-bala e trens locais para chegar no local. Meiho é um destino popular para aqueles na região de Kansai, por isso aconselhamos também que os turistas também façam uma viagem a Kyoto e Osaka durante o inverno. A região é vista como a principal estação de esqui no oeste do Japão, com 4 pistas e 12 trilhas.

Prefeitura de Niigata

Niigata está localizada na costa do mar do Japão, com cerca de 20 estações de esqui servidas por transporte público.

Myoko Kogen é ideal para esquiadores que procuram menos intensidade, sem sacrificar a qualidade das pistas. Como uma das estações de esqui mais antigas, fundada na década de 1930, a vila difere de outras áreas, pois parece mais uma cidade tradicional japonesa. É menos cheia do que outras estações de esqui, sem uma grande vida noturna.

Yuzawa é conhecida como yukiguni, ou “país da neve”, com sua temporada que dura até maio. Esta é uma das estações mais fáceis de acessar de Tokyo, localizada a 200 km de distância. Os visitantes podem chegar a Yuzawa em cerca de 80 minutos de trem-bala. Com muitas das estações próximas, os visitantes podem chegar facilmente a eles em teleféricos. Os iniciantes devem ir para as encostas em direção ao centro da cidade. Para os experientes, as pistas ao redor do monte Neba são recomendadas.

Após um longo dia de exercícios, os esquiadores podem aproveitar onsens, desfrutar de restaurantes, bares e karaokês das vilas de esqui em quase todos esses locais. Como um dos melhores lugares para esportes de inverno e recreação no mundo, você realmente não pode errar ao esquiar no Japão. Acompanhe o blog do Go! Go! Nihon para aprender mais sobre a vida e as atividades no Japão.