Game centers no Japão: uma parada obrigatória

Tempo de leitura: 6 minutos

Game centers estão em todas as partes do Japão. Você provavelmente já viu um caminhando em áreas movimentadas. Estes prédios altos têm como única função oferecer entretenimento ao público e continuam populares no Japão. Neste artigo vamos contar para você o que pode ser encontrado e como as coisas funcionam em um game center.

O que você precisa saber

Os primeiros game centers do Japão apareceram no final dos anos 70, com jogos como Space Invaders, cuja popularidade se espalhou rapidamente pelo mundo. No começo, muitos dos game centers possuíam fliperamas e máquinas de diversão (como a de pegar bichos de pelúcia), que depois chegaram aos bares e cafes de outros países. Com o tempo, eles evoluíram e passaram a oferecer uma variedade maior de jogos e muito mais! Hoje os game centers japoneses possuem máquinas de bichinhos de pelúcia, jogos de precisão, ritmo, luta, games de corrida, nos quais você se sente como se estivesse no volante, e muitos outros tipos de entretenimento que você pode conferir abaixo.

Para jogar você precisará de moedas. Essa é a única maneira de jogar e caso não tenha trocados, você pode sempre se dirigir as máquinas convenientemente colocadas que trocarão as suas notas por moedas. Tudo foi concebido para tornar mais fácil ao cliente gastar o seu dinheiro. O preço comum é de 100 ienes, mas algumas máquinas, como a de bichinhos de pelúcia, permitem que você compre pacotes de 500 ienes, que lhe darão chances extras nos jogos. Games que necessitam de habilidade ou máquinas maiores que usam acessórios são um pouco mais caras (cerca de 400 ienes por jogo). Então se quiser aproveitar ao máximo os game centers do Japão traga muito dinheiro!

Pokemon ufo catcher

O que você encontra nos Game Centers japoneses?

Máquina de bichinho de pelúcia e prêmios

Ao entrar em um game center, a primeira coisa que você encontrará são as máquinas de bichinhos de pelúcia e prêmios, já que eles costumam estar no primeiro andar. Existem diversos tipos de jogos: a típica máquina na qual o jogador tenta capturar uma pelúcia com a garra (conhecido como UFO catcher), jogos em que é preciso derrubar um objeto para cair o prêmio, games na qual o prêmio está pendurado e é preciso cortar a corda para fazê-lo cair e muito mais! Os prêmios incluem bichos de pelúcia de todos os tamanhos, action figures, almofadas, utensílios de cozinha, doces, despertadores e tudo o que você puder imaginar.

Estas máquinas são as mais lucrativas do game center, pois os prêmios sempre mudam e as pessoas voltam várias vezes para tentar capturá-los. Algo importante a se ressaltar, é que embora seja difícil ganhar, as máquinas não são manipuladas e costuma ser mais fácil conseguir um prêmio no Japão do que em outros países. Mais surpreendente é saber que se o prêmio for movido para uma posição em que fique impossível de capturá-lo, é possível pedir aos funcionários para colocá-lo de volta em seu lugar de origem para ter mais chances de vencer. Caso pergunte com educação, eles podem até te dar algumas dicas de como capturar.

Jogos de ritmo, luta, tiro e todos os outros 

Os jogos de ritmo são famosos no Japão. Independente de preferir bateria, guitarra, taiko, sua própria voz, ou se, você apenas gosta de pressionar botões, todos eles funcionam da mesma forma. Basta seguir os ritmos mostrados na tela. Alguns jogos exigem o uso das mãos, pés e da voz para conseguir o máximo de pontos possíveis. Não existe nada mais incrível do que ver um trabalhador de meia-idade imitar por completo a coreografia de uma música do AKB48. Também já presenciei pessoas marcando encontros para se exercitarem jogando Dance Dance Revolution, com garrafas de água, toalhas e tudo mais!

Os jogos de luta e corrida podem ser jogados sozinhos, mas o grande barato é se divertir com os amigos. A maioria das máquinas possui a opção de encontrar partidas online ou jogar contra outro jogador perto de você. Jogos de tiro possuem um grande espaço, onde você e um amigo usam uma réplica de uma arma de verdade como controle e vão seguindo pelos cenários do game, que ficam cada vez mais difíceis. É possível, às vezes, tomar decisões distintas durante o jogo, tornando a experiência diferente para cada jogada! Caso consiga encontrar, recomendo a você experimentar o Luigi’s Mansion, no qual você e um amigo usam um aspirador de pó para derrotar os fantasmas e abrir caminho por uma mansão.

Purikura photo booth

Máquinas de fotos Purikura

Uma máquina presente em todos os bons game centers é o purikura que permite customizar fotos de maneira divertida, bonita e às vezes ridícula. Elas são bem diferentes de uma máquina comum de fotos: dentro, você encontrará uma tela verde e, perto da câmera, um monitor mostrará várias poses para bater a foto. Uma vez que a fotografia tenha sido tirada, do lado da cabine há uma tela grande onde é possível personalizar as fotos com filtros, adesivos, letras e vários outros tipos de coisas boas. Terminado o processo, você terá em mãos dois conjuntos de fotos editadas, impressas em adesivos para colar onde você quiser!

O purikura costuma custar 400 ienes por sessão e dão duas páginas de fotos. Estas máquinas costumam também ter um tema, como modelo de moda, maquiagem de beleza, artista e assim por diante. Eu cheguei a tentar uma máquina na qual garotos charmosos em estilo anime aplaudiam eu e meu amigo enquanto tirávamos fotos. Antes de começar a sessão, nós conseguimos escolher qual personagem queríamos e ter acesso a adesivos especiais deste personagem no momento de editar a foto. Vale a pena ir no purikura pelo menos uma vez!

E ainda tem muito mais! 

Também são encontradas com frequência os chamados “jogos de medalha” que são semelhantes as máquinas caça-níquéis, nas quais são usadas medalhas trocadas antecipadamente por dinheiro. Caso consiga vencer, você receberá mais medalhas que o permitirá jogar mais ou trocá-las por prêmios. Além deste tipo de máquina, você encontrará muitas outras coisas interessantes nos game centers, como simuladores, no qual você controla um imenso robô e luta contra monstros, ou até mesmo jogos de trem, no qual você faz o papel de maquinista.

Cartão de associado

Muitas máquinas dão a oportunidade do jogador encostar um cartão na tela de início do jogo. Estes cartões permitem salvar o progresso, mantendo todo o conteúdo extra desbloqueado e também os registros de suas configurações, como efeitos sonoros usados, volume e assim por diante. Caso opte por não usar, você jogará como “convidado” e terá acesso apenas ao conteúdo específico da máquina que estiver usando.

Existem muitos tipos de cartões, mas os dois principais são o e-AMUSEMENT PASS da Konami e o BANA Passport da Bandai Namco. Não é possível usá-los em todos os jogos. Algumas máquinas pedem um deles, enquanto o restante o outro. Já outros jogos podem pedir um cartão completamente diferente, dependendo da empresa que fez o game. Por isso, antes de adquirir um cartão, recomendo que você confira quais jogos são os seus favoritos e compre o cartão que permita salvar o progresso deles.

As máquinas que imprimem estes cartões são menos comuns que as de troca de dinheiro. Elas geralmente só podem ser encontradas em game centers maiores, perto do balcão de informações. Um cartão pode custar entre 500 a 1000 ienes. Ao usá-lo pela primeira vez será preciso decidir o seu nome de usuário. A partir daí, divirta-se!

Taiko drum game

O que os torna tão populares? 

Os arcades podem não estar mais tão presentes no mundo ocidental, mas como o Japão tende a ser um país conservador, os japoneses mantiveram vivo o amor por estes jogos. O país ainda tem cerca de 4.800 game centers, tão populares quanto antigamente.

Por algumas poucas moedas, é possível jogar alguns jogos e ver qual combina com você. É muito fácil ficar viciado! Quanto mais você joga, mais você entende como o jogo funciona e, portanto, mais você ganha. É possível ver pessoas saindo com prêmios dos game centers e, só por isso, entender como as coisas funcionam lá dentro.

Outro fator que contribui para a popularidade dos game centers no Japão é o fato das empresas que produzem as máquinas serem marcas conhecidas, como Konami e Namco. Se estiver familiarizado com jogos como Tekken ou Mortal Kombat, provavelmente já sabe que eles foram projetados para arcades e, de início, eram exclusivos dos game centers do Japão até chegar ao ocidente em consoles. As empresas de jogos continuam a fazer novos games, já que os antigos perdem a sua popularidade. Assim há sempre algo novo para experimentar!

Por fim, uma das melhores coisas dos game centers japoneses é que além de ser possível se divertir sozinho, fica ainda melhor com os amigos! Estes estabelecimentos são populares e, portanto, estão intimamente associados à cultura japonesa, tanto quanto os santuários e templos. Eles são encontrados em qualquer lugar, mesmo em cidades menores. As lojas costumam ficar abertas da manhã até a meia-noite, sendo um ótimo lugar para passar o tempo. A partir das 22h, menores de idade são obrigados a deixar o estabelecimento, dando duas horas extras para as outras pessoas aproveitarem as máquinas mais populares.

Se você deseja aproveitar os game centers japoneses fique atento aos mais conhecidos. As lojas da Adores, Sega e Taito são comuns em Tóquio. É provável que você encontre também outras marcas em diferentes cidades. Como todas as lojas têm máquinas de bichinhos de pelúcia não fica difícil encontrar um Game Center. A parte mais difícil é controlar o tempo e garantir que sobre algum dinheiro para comprar lembranças e experimentar outras das atrações que a cultura japonesa tem a oferecer!

Aproveite e confira outros artigos do Go! Go! Nihon sobre Curiosidades do Japão e nos siga no Facebook e Instagram.

Compartilhe este artigo

Go! Go! Nihon

Artigos relacionados

Curiosidades do Japão
Curiosidades do Japão
Curiosidades do Japão