História dos alunos: a jornada do José para aprender japonês no Japão em 2021

Tempo de leitura: 3 minutos

Como tantos outros que esperavam estudar no Japão em 2020, José Moreno foi obrigado a adiar seus planos quando a Covid-19 se espalhou pelo mundo. Mas, com paciência e a ajuda da Go! Go! Nihon, José conseguiu chegar ao país em dezembro de 2020 para iniciar sua jornada para aprender japonês no Japão em janeiro de 2021. 

Em setembro de 2020, a Go! Go! Nihon iniciou uma petição pedindo ao governo japonês para liberar a entrada de estudantes estrangeiros de japonês para entrar no país. Naquela época, o governo cancelou a emissão de vistos por conta da pandemia de Covid-19, deixando muitos estudantes no limbo em relação à quando, ou se, poderiam se mudar para o Japão. 

Leia nossa entrevista com o José para saber mais sobre como tem sido a experiência dele, desde deixar sua terra natal, a Espanha, até chegar para aprender japonês no Japão em 2021.

* As respostas foram editadas para maior clareza e por conta do tamanho

Antes de chegar ao Japão

Quando você deveria chegar ao Japão e quando realmente chegou? 

Minha chegada ao Japão estava marcada para junho ou julho, não me lembro agora, mas no fim consegui entrar em dezembro para começar a estudar em janeiro. 

Como foi para você esperar notícias de quando poderia entrar no Japão? 

Bem, para ser sincero, a espera foi a pior parte. Não conseguia visualizar com clareza o momento em que finalmente chegaria ao Japão com todos aqueles cancelamentos seguidos. A sensação era de possível perda para tudo que estava fazendo. Creio eu, que foi mais de um ano. Foi horrível. Claro, em nenhum momento pensei em cancelar nada, queria vir ao Japão não importa o que acontecesse.

Como o atraso afetou sua vida e seus planos? 

Por sorte tinha dinheiro depois de ter fechado meu negócio por conta da Covid-19. Consegui um emprego temporário na Espanha durante os meses em que o processo atrasava e consegui vir ao Japão com minhas economias quase intactas. 

Como foi o processo de inscrição com a Go! Go! Nihon?

Não teria conseguido sem a Go! Go! Nihon. Vocês fazem um trabalho muito importante e pessoalmente recomendo para  todos que me perguntam. Criei uma conta no TikTok para falar sobre o Japão e lá respondo aqueles que me perguntam sobre a vinda para cá. Espero não ter sobrecarregado vocês! 

Wing of airplane

Viajando e chegando ao Japão

Como foi o processo de deixar seu país de origem? 

Semanas antes de vir ao Japão tive que medir diariamente a temperatura. Fiz um teste PCR um dia antes do meu voo e uma vez no Japão. O teste foi feito no aeroporto. Até eles terem o resultado do teste, não é possível sair do aeroporto.

No avião, usei máscara e tela de proteção o tempo todo.

Como foi o processo para chegar ao Japão? 

Tudo está sendo bem controlado e vigiado. Eles fazem você passar por várias vistorias e colocam todos os passageiros em cadeiras com a distância necessária para nos manter longe um do outro. Há muitas medidas a se levar em conta, mas os japoneses fazem tudo muito rápido, de forma confortável e dinâmica.

Depois do teste de coronavírus, é preciso esperar novamente em um corredor, sentado em uma cadeira numerada. Assim que tiver o resultado do exame, você pode pegar sua bagagem. 

E quanto a acomodação na quarentena e o transporte do aeroporto? 

No aeroporto tinha transporte esperando por mim e por outras duas pessoas. Com o transporte fomos até a entrada do hotel onde nos hospedamos e ficamos 14 dias de quarentena. Foi tudo feito pela escola e por meio da Go! Go! Nihon. 

O hotel era incrível, 4 estrelas. Ganhei vários vouchers de 1.000 ienes para gastar na loja do hotel e nos restaurantes. Basicamente, passei meu tempo revisando o japonês e jogando Fortnite com meu primo que está lá na Espanha. 

Student studying Japanese

Começando as aulas 

Quando começaram as aulas?

5 de janeiro

Quantos dias e quantas horas por dia assiste às aulas presenciais?

4 horas por dia, 5 dias por semana.

Quais medidas a sua escola tomou contra a Covid-19?

Eles medem a nossa temperatura todos os dias. Arejam as salas de aulas com frequência, mesmo estando frio. Há gel para desinfecção por toda parte e oferecem opções online para quando alguém não se sente bem, acha que tem sintomas de Covid-19 ou simplesmente tem medo de sair por causa da pandemia.

O que está achando da sua experiência de aprendizado?

Muito boa. Para mim, é um pouco rápido, mas acho que sou um dos mais lentos da classe, então penso que é um ritmo normal.

Conselhos para os outros alunos

“Se tiver a oportunidade de fazer isso, então faça. Vá aos poucos e, eventualmente, estará desfrutando da comida no avião pensando: estou realmente fazendo isso!”.

Se deseja começar a aprender japonês no Japão em 2021, não deixe de entrar em contato para obter ajuda e orientação.

Compartilhe este artigo

Go! Go! Nihon

Artigos relacionados