Ao viajar para qualquer lugar do mundo é importante pensar sobre o que você está levando e, mais importante, sobre o que pode e não pode ser levado para outro país. O Japão não é diferente, por isso, reunimos uma lista de coisas proibidas no Japão.

Remédios

Levar remédios para o Japão pode ser complicado, porque existem restrições quanto a quantidade de alguns itens. Quantidades que são consideradas normais em nosso país, na verdade não são no Japão.

Ham

Comida

Assim como na maioria dos países, há muitos alimentos que não podem ser levados para o Japão.

Frutas, vegetais e verduras frescos não são permitidos e nem é preciso falar, mas com o alto preço destes produtos no Japão, compreendemos sua vontade de levá-los ao país. Outros dos produtos proibidos é a carne. Ela é proibida estando preparada e dentro de um recipiente, como também ao vácuo. A lei é bastante rigorosa e proíbe também a carne seca. As regras estão se tornando mais rigorosas, então não recomendamos a você tentar a sorte.

Existem exceções caso tenha um certificado de inspeção para cada produto, mas é improvável que você o tenha, portanto, por via de regra todos os alimentos são proibidos. Recomendamos levar do seu país de origem doces e lanches como opção de alimento durante sua estadia no Japão.

Dinheiro

Obviamente você pode levar dinheiro ao Japão. Assim como, você deve saber que o Japão é uma sociedade onde se utiliza dinheiro vivo em muitas situações, então devem ter recomendado para você trazer uma quantidade considerável de dinheiro e cartões de crédito para pagar as coisas. Isso é um fato, mas há um limite de quanto dinheiro você pode levar para o país sem declarar. O limite é de 1 milhão de ienes, o equivalente a 7.000 euros ou 9.500 dólares. Embora seja improvável carregar essa quantia para passar as férias no Japão, algumas pessoas podem tentar levar essa quantia se forem ao país para estudar por um longo período. Recomendamos o uso de cartões de crédito ou um cartão internacional para poder sacar dinheiro quando for preciso. É mais prático e conveniente.

Purse

Itens falsificados

Não achamos que os nossos estudantes vão ao Japão pensando em negociar coisas no mercado negro, mas consideramos que vale a pena mencionar esta categoria. Se um funcionário da alfândega achar que você está trazendo itens falsificados para o Japão, eles serão confiscados. Mesmo que seja apenas um ou dois itens, se as autoridades considerarem que o produto viola o direito de propriedade intelectual de outra pessoa, será considerado ilegal. Portanto, tenha cuidado! Você pode pensar que a jaqueta legal comprada em um mercado é ótima, mas caso ela seja falsificada, pode não ser sua por muito tempo.

Itens proibidos

Já tratamos de alguns dos itens proibidos, mas há alguns itens padrões na lista que são proibidos na maioria das países. Segue a lista abaixo:

  • Drogas
  • Armas
  • Explosivos
  • Material para armas químicas
  • Produtos que vão contra a moral vigente no país

Exceções

Há vários itens proibidos, embora eles estejam dentro da quantidade razoável e muitos se enquadram em objetos pessoais. Em última análise, tudo se resume a quantidade deles. A quantidade costuma mudar com frequência, então é bom verificar a página da alfândega do Japão para saber as limitações atuais. Um dos fatores mais importantes a se considerar é o preço dos itens: os objetos pessoais que se enquadram na categoria não devem ultrapassar o valor combinado de 200.000 ienes.

Então, agora que você sabe o que não pode ser levado ao Japão, você deve estar pronto para sua viagem e estadia. Agora você só precisa de uma lista dos produtos que podem ser levados ao país.