Pêssegos & Folclore: Por que aprender japonês em Okayama?

Tempo de leitura: 6 minutos

Famosa por contos folclóricos, frutas deliciosas e belos jardins paisagísticos, Okayama é uma importante cidade localizada na parte ocidental da ilha japonesa de Honshu. O seu tamanho reduzido e o ritmo tranquilo tornam, aprender japonês em Okayama, uma experiência deliciosa.

Leia mais sobre a cidade, o que ela oferece e porque você vai gostar de estudar japonês lá.

Okayama city guide infographic in Portuguese

Breve história de Okayama

Okayama fez parte do Reino de Kibi (kibi no kuni 吉備国), que existiu durante o século IV na região que atualmente é Okayama. O reino possuía um significativo poder sobre o comércio na região. Okayama continuou a crescer ao longo dos séculos até que foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial. A maior parte do centro da cidade, incluindo o castelo que foi concluído em 1597, teve de ser reconstruído.

Atualmente, a cidade de Okayama é a capital da província de mesmo nome, e se tornou um importante centro de transporte do oeste do Japão. Suas principais indústrias incluem fabricação de máquinas, têxteis e borracha. A cidade também é respeitada pela indústria de denim.

Okayama também possui uma forte tradição folclórica, com os seus residentes afirmando que a cidade é o cenário original do conto japonês de Momotarō 桃太郎. De acordo com o conto, um casal de idosos sem filhos encontrou um menino dentro de um pêssego gigante. O pêssego flutuava por um rio. Deram-lhe então o nome de Momotarō (“momo” em japonês significa “pêssego”). Quando o menino cresceu, ele viajou para Onigashima, ou ilha do demônio, para combater demônios que estavam causando problemas em vilarejos vizinhos. Ele derrotou os demônios, trouxe os tesouros de volta para casa e os deu para o casal de idosos como agradecimento por tudo o que eles fizeram por ele.

Você encontrará referências ao conto por toda a cidade de Okayama. A rua principal se chama Momotarō Odōri e nela há estátuas retratando o conto.

Coisas para ver e fazer

Kōrakuen Garden 後楽園

Classificado como um dos três melhores jardins paisagísticos do Japão, o Kōrakuen é facilmente a atração mais famosa de Okayama. O jardim foi construído em 1687 para a família que dominava o Japão na época. É um local verde, tranquilo e belo, ótimo para um passeio e para apreciar um pouco a natureza.

Castelo de Okayama (Okayamajō 岡山城)

Este castelo foi construído por um senhor feudal da região no século XVI, levando oito anos para ficar pronto. O castelo foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial, mas reconstruído nos anos 60, adquirindo a sua aparência atual. Ao contrário de muitos outros castelos do Japão, o Okayamajō é mais preto do que branco e está situado à beira de um rio.

O castelo fica localizado próximo do Kōrakuen. 

Planície de Kibi (Kibiji 吉備路)

Pegue sua bicicleta e explore esta planície rural localizada nos arredores da área central de Okayama. Respire ar fresco do campo enquanto passa por terras agrícolas, templos, túmulos e vida selvagem.

Se não tiver uma bicicleta, é bem fácil alugar uma nas lojas em frente à estação Bizen-Ichinomiya, estação Soja e próximo ao templo Bitchū-Kokubunji (備中国分寺).

Pontos turísticos alternativos

Naoshima 直島

Okayama é um trampolim para explorar a pequena ilha da arte moderna de Naoshima. O local é conhecido por seus museus de arte, instalações e esculturas, sobretudo as icônicas esculturas de abóboras feitas pelo artista contemporâneo Yayoi Kusama.

Inujima 犬島

Esta ilha foi usada no passado para extração e fundição, mas agora é uma pacífica ilha artística. Seu nome literal significa “ilha do cachorro” por causa de seu formato parecido ao de um cão sentado. Por ser tão pequena, é fácil explorar a ilha inteira a pé.

Kurashiki 倉敷

Esta pitoresca antiga cidade comercial está localizada a apenas 15 minutos de trem da cidade de Okayama. Muitos dos armazéns históricos sobreviveram à Segunda Guerra Mundial e foram transformados em boutiques, restaurantes e museus. Passeie pelas ruas bem conservadas e dê uma volta em um tradicional barco japonês ao longo dos canais cheios de salgueiros.

Shikoku 四国

Shikoku é uma das cinco principais ilhas do Japão e a segunda menor depois de Okinawa. Seu interior terreno montanhoso é popular entre os amantes da natureza e de uma boa caminhada. A ilha é o lar dos 88 Templos de Peregrinação, ou Shikoku Henro 四国遍路. Uma viagem pelo local leva os peregrinos aos 88 templos da ilha em uma caminhada de cerca de 40 a 50 dias.

É fácil explorar Shikoku a partir de Okayama, mas você poderá ter que fazer várias viagens para ver tudo o que a ilha tem a oferecer.

Culinária local

Do ponto de vista culinário, Okayama é mais conhecida por produzir frutas de alta qualidade, devido ao sol sempre presente na região. Você encontrará muitas variações regionais de pratos da culinária japonesa. Aqui estão alguns exemplos!

Pêssego branco (Hakutō白桃)

O produto mais famoso de Okayama. As variedades de pêssegos macios e doces produzidos em Okayama chegam a ser vendidos por até 1.500 ienes (cerca de R$ 60,00) por unidade. Também é bem apropriado que a região seja conhecida pelos pêssegos, já que o conto folclórico do Momotarō, mencionado anteriormente, é muito famoso em Okayama.

Uvas (Budō 葡萄)

Outra fruta pela qual Okayama é famosa é a uva. Os tipos mais famosos incluem as uvas verdes Moscatel e as suculentas uvas Pione, que são pretas. As uvas da variedade “moscatel brilhante” são especialmente caras, com 1 quilo atingindo o preço de 10.000 ienes (cerca de R$ 405,00).

Hinase Kakioko 

Se você conhece algo sobre a culinária japonesa, talvez já tenha ouvido falar sobre o okonomiyaki お好み焼き- uma saborosa panqueca originada em Osaka.

A variação de Okayama do tradicional okonomiyaki é a Hinase Kakioko. “Hinase”, ou Hinase-chō 日生町, é uma cidade da província de Okayama onde a principal indústria é a ostreicultura. “Kaki” 牡蠣 significa ostra, enquanto “oko” é a abreviação de okonomiyaki.

Enquanto o okonomiyaki clássico costuma incluir carne de porco e frutos do mar na massa, o Hinase Kakioko é coberto com ostras frescas.

Kibidango 吉備団子

Um petisco doce muito similar ao mochi 餅, feito de amido de arroz glutinoso, xarope e açúcar. Ele era feito originalmente de painço, ou kibi 黍. Você os encontrará normalmente em lojas de souvenirs em diferentes sabores.

Na lenda do Momotarō, o protagonista troca uma porção de seu kibidango com um cachorro falante, um macaco e um faisão por ajuda em sua missão.

Barazushi ばら寿司

Um tipo de sushi regional composto por uma tigela de arroz coberta com diferentes ingredientes, incluindo frutos do mar do Mar Interior de Seto e diversos vegetais. Durante a era feudal, o senhor de Okayama ordenou que cada refeição contivesse apenas uma sopa e uma mistura. Para contornar o pedido, o barazushi foi inventado para que diversos ingredientes pudessem ser colocados em cima do arroz, sem que deixasse de ser considerado “um único prato”.

Por que você deve aprender japonês em Okayama?

Há diversas razões para aprender japonês em Okayama, especialmente para aqueles que querem um estilo de vida mais tranquilo sem sacrificar a praticidade de viver em uma cidade desenvolvida.

A região tem o apelido de “Terra do Sol”, o que serve para lhe dar uma ideia do clima que você vai experimentar em Okayama. É por esse motivo que muitas frutas crescem tão bem na região e é por isso que Okayama é rodeada de natureza exuberante. Isso é uma grande vantagem se você gosta de estar ao ar livre!

Por ser uma cidade pequena, você terá um desafio extra para viver na cidade sem saber japonês. Pode parecer assustador no começo, mas na verdade é uma coisa ótima porque você ficará motivado a aprender o idioma mais rápido. Você conseguirá interagir com mais japoneses em japonês, já que é menos provável que eles sejam capazes de falar a sua língua. Leia mais em nosso artigo sobre porque aprender japonês por imersão total é o melhor método de aprendizado.

Além disso, o custo de vida será mais barato que nas grandes cidades como Tóquio e Osaka. Por exemplo, espere pagar entre 20.000-40.000 ienes por um quarto em uma sharehouse na cidade de Okayama. Em Osaka você pagaria cerca de 50.000-70.000 ienes pela mesma sharehouse. Leia mais aqui sobre opções de moradia no Japão.

Devido à sua localização e suas excelentes conexões de transporte, Okayama é também um lugar fantástico para explorar o resto do Japão. O oeste do país possui alguns locais incríveis para explorar, incluindo a ilha de Shikoku, a região próxima de Kansai (com Osaka e Quioto) e a região de Chūgoku (onde fica Hiroshima).

Aprenda japonês em Okayama com a Okayama Institute Language. Saiba mais sobre a escola aqui ou entre em contato conosco para se inscrever.

Compartilhe este artigo

Go! Go! Nihon

Artigos relacionados