Se você está no Japão e acha que pode estar com o coronavírus (COVID-19), pode ser difícil saber o que fazer. Para ajudá-lo, preparamos um guia com orientações para se cuidar e proteger aqueles à sua volta.

Como posso saber se eu tenho o coronavírus?

As recomendações oficiais do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar são para que você procure assistência média caso:

  • Tenha sintomas de gripe;
  • Tenha uma febre de 37.5°C ou mais por 4 dias ou mais;
  • Estiver se sentindo extremamente cansado;
  • Estiver com dificuldades respiratórias.

Outros sintomas incluem dores constantes, pressão na região do tórax e lábios/rosto azulados. Nestes casos, contate imediatamente um centro de saúde pública (mais informações abaixo) e informe a eles os seus sintomas.

Você também pode ligar para o centro de saúde pública caso tenha os sintomas acima por 2 dias e possua um dos seguintes agravantes:

  • Seja idoso;
  • Tenha doenças crônicas como diabetes, insuficiência cardíaca ou doenças respiratórias;
  • Faça diálise;
  • Use medicamentos imunossupressores ou contra câncer.

Como posso saber a diferença entre o coronavírus e uma gripe comum ou alergia?

Existem similaridades entre o COVID-19 e a gripe comum, incluindo: febre, fadiga, tosse, dores no corpo. No entanto, se você estiver com coronavírus ou uma gripe forte, é provável que seus sintomas piorem com o tempo. Se você tiver um resfriado leve, provavelmente se recuperará com um pouco de descanso.

Se você desenvolver sintomas após viajar ou se estiver em uma área onde há um surto, precisará procurar orientação médica e tomar medidas para minimizar a propagação da doença.

No entanto, os sintomas iniciais de coronavírus, gripe e resfriado são muito semelhantes. Portanto, se você sentir sua condição piorando e principalmente se tiver falta de ar e / ou se for considerado mais em risco, precisará procurar assistência médica.

Alergias, por outro lado, tendem a ser mais localizadas e se concentrar na região da cabeça. Os sintomas de uma alergia incluem nariz escorrendo e coceira nos olhos. As alergias também normalmente não causam febre, mas o coronavírus, o resfriado e a gripe causam.

Observe, porém, que os sintomas do coronavírus variam amplamente entre os indivíduos; portanto, se você tiver sintomas associados ao coronavírus, entre em contato com um centro de saúde pública o mais rápido possível.

O que fazer se estiver doente?

Se você estiver doente e acha que está com o coronavírus, ligue para o centro de saúde mais próximo. Faça isso ANTES de visitar um médico ou hospital, para que eles possam te orientar para o local mais apropriado.

Caso não fale japonês, entre em contato com as redes de atendimento com tradutor de sua região: https://www3.nhk.or.jp/nhkworld/en/news/backstories/1019/

Você pode ver a lista com todos os centros de saúde de Tóquio aqui: https://www.tokyo-icc.jp/guide_eng/gov/02.html

Aqui os de Osaka: https://www.mfis.pref.osaka.jp/omfo/fo_healthcenter.aspx?lang=en

Kyoto: http://www.pref.kyoto.jp/en/documents/contact.pdf

Kobe: https://www.city.kobe.lg.jp/a00685/kenko/health/phc/index.html

Nagano: https://www.city.nagano.nagano.jp/soshiki/9.html

Fukuoka: https://www.mhlw.go.jp/bunya/kenkou/hokenjo/h_40.html

E Sapporo: http://www.city.sapporo.jp/hokenjo/

As equipes dos centros de saúde sabem onde você pode ser atendido no caso de coronavírus e te orientarão sobre como ser atendido. Não vá para locais diferentes de onde foi orientado para ir.

Enquanto não fizer um exame, fique em casa e evite contato com outras pessoas. Ao ir fazer o exame, use sempre máscara. Não se preocupe, o custo do exame será pago pelo seguro de saúde público japonês.

O que fazer se você acha que está com o coronavírus no Japão

Como se prevenir

Se você não sentir nenhum sintoma do coronavírus, ainda há algumas coisas importantes que você pode fazer para proteger a si e aos outros ao seu redor.

Lave as mãos com água e sabão com frequência. Até agora você já deve saber tudo sobre a necessidade de lavar as mãos por pelo menos 20 segundos e quais músicas você pode cantar para si mesmo enquanto faz isso. Se você não tiver acesso a água e sabão, use um desinfetante para as mãos à base de álcool que contenha pelo menos 60% de álcool.

Não toque no seu rosto, especialmente nos olhos, nariz e boca, pois você pode transferir o vírus para si mesmo tocando em uma superfície contaminada e depois tocando no seu rosto.

Cubra sua boca, espirrando e tossindo em tecidos. Jogue imediatamente fora esses tecidos. Se você não tiver tecidos, espirre e tussa no seu cotovelo dobrado.

Evite apertar as mãos, dar abraços ou beijos. Substitua essas saudações por um aceno de cabeça, acene ou outra saudação em que você não precisa se tocar.

Visite o site da Organização Mundial de Saúde para obter mais orientações.

Mesmo se você estiver saudável, a melhor coisa a fazer é se prevenir e evitar lugares cheios. Isso não é apenas para o seu próprio bem – é para proteger outras pessoas ao seu redor também.

Como sempre, se você tiver alguma dúvida, informe-nos e faremos o possível para ajudar.