Já se passou mais de 1 ano desde que a Organização Mundial de Saúde decretou a Covid-19 como uma pandemia global. Nesse período, o Japão passou por dois estados de emergência e, em 29 de março de 2021, o total de casos registrados da doença era de 466.000. Caso esteja morando ou pensando em vir ao Japão, provavelmente tem interesse em saber as informações mais recentes da situação da Covid-19 no Japão. 

Compilamos o máximo de informações que nós conseguimos obter neste artigo, mas lembre-se que a situação muda de maneira regular e veloz. Se precisar de informações mais atualizadas e precisas, entre em contato com o Consulado do Japão mais próximo. 

A situação atual

A partir de 25 de abril de 2021, Tóquio, Osaka, Hyogo e Kyoto entraram no terceiro Estado de Emergência decretado no Japão, após aumento no número de casos de infecção por Covid-19 nessas províncias. A previsão inicial era que o Estado de Emergência terminasse no dia 11 de maio, mas ele foi estendido até 31 de maio com a inclusão das províncias de Fukuoka e Aichi.

Uma nova prorrogação do Estado de Emergência foi anunciada no final de maio, estendendo-o até o dia 20 de junho nas províncias de Tóquio, Osaka, Kyoto, Hyogo, Aichi, Fukuoka, Hokkaido, Okayama e Hiroshima. As medidas de emergência terminarão nas províncias de Gunma, Ishikawa e Kumamoto no dia 13 de junho, enquanto as mesmas medidas serão prorrogadas para o dia 20 de junho em Saitama, Chiba, Kanagawa, Gifu e Mie.

Com a extensão do estado, estabelecimentos como restaurantes e bares devem fechar até às 20 horas e não podem servir bebidas alcoólicas, enquanto os que servem somente este tipo de bebida deverão ficar fechados durante todo o Estado de Emergência. Serviços de karaokê também não poderão ficar abertos durante este período.

Os cinemas e lojas de departamento tem permissão para funcionar, mas somente até às 20 horas. Eventos são permitidos com capacidade de até 5 mil pessoas, ou 50% da capacidade local total. O horário de encerramento é até às 21 horas.

O governo também pediu para a população ficar em casa e evitar passeios desnecessários.

Em março de 2021, as fronteiras do Japão foram fechadas para turistas estrangeiros e novos residentes. A medida inclui portadores de visto de trabalho de férias, pessoas em viagens de negócio de curta permanência e a grande maioria dos solicitantes do visto de longa permanência (incluindo estudantes).

São poucas as categorias de pessoas que atualmente podem solicitar o visto japonês. Essas categorias são:

  • Casos de emergências (doenças, morte de familiares, etc)
  • Assuntos diplomáticos
  • Cônjuge / Filho de cidadão japonês ou residente permanente
  • Visto de trabalho para ¨instrutor¨, ¨professor¨ ou ¨serviços de saúde¨

Os que podem solicitar o visto deverão esperar o pedido mais do que o normal, uma vez que os consulados precisam obter permissão do Japão para todos os pedidos de visto.

Aqueles que possuem um cartão de residente do Japão ou uma autorização de reentrada válida podem retornar ao Japão.

A vacina

Em relação à vacina, o Ministério da Saúde do Japão vacinará as pessoas entre 16 e 64 anos em junho. A vacinação também vale para os estrangeiros que moram no Japão com um visto válido, incluindo estudantes. A prioridade será dada aos idosos e pessoas com problemas de saúde (comorbidades), bem como, aqueles que trabalham na assistência aos idosos.

Você receberá um voucher de vacinação pelo correio do distrito local, com o qual será possível fazer a reserva online ou por telefone.

Também foi anunciado que os certificados digitais de saúde serão emitidos para os cidadãos vacinados contra a Covid-19. O certificado será gerenciado em um aplicativo para smartphone e será usado como comprovante de vacinação ao embarcar em um avião ou fazer o check-in no hotel.

Fique atento ao fato de que mesmo os que tomaram a vacina fora do Japão, ainda precisão completar 14 dias de isolamento e seguir todas as regras de quarentena quando chegarem ao Japão.

Atualmente, os turistas de certos países precisam completar 3 dias de quarentena em uma instalação governamental, como parte do auto-isolamento de 14 dias. Veja mais informações abaixo.

Student studying from textbook

A situação para estudantes

Conforme mencionado acima, a imigração japonesa não está emitindo novos vistos de estudantes para o Japão. 

Para aqueles que se inscreveram, ou estão pensando em se inscrever, para o próximo período letivo de uma escola de língua japonesa, nossa equipe irá mantê-los atualizados sobre todas as informações relacionadas à Covid-19 no Japão.

Caso já tenha feito sua inscrição, mas não pode entrar no Japão a tempo de começar as aulas na escola desejada devido à proibição de entrada, você poderá alterar sua inscrição para um período letivo posterior utilizando o valor já pago. Para realizar a alteração, será preciso respeitar os prazos de sua escola, portanto, entre em contato com nossa equipe para que sua inscrição seja transferida a tempo.

Leia nossa página de FAQ para mais informações.

Wing of airplane

Requisitos mais atuais para entrada no Japão

Qualquer pessoa com permissão para entrar no Japão vinda do exterior deverá passar por exame de Covid-19 no máximo 72 horas antes de partir para o Japão. O exame deverá ser negativo. Mais informações sobre o teste estão abaixo.

Todos os que chegarem no país deverão ficar em quarentena por 14 dias e não poderão utilizar transporte público, incluindo trens, ônibus, táxis comuns e voos nacionais.

Além disso, será necessário preencher um termo de compromisso por escrito declarando obediência às regras de quarentena, assim como, preencher um questionário online.

Para obter mais informações sobre os requisitos de entrada no Japão, leia nosso artigo aqui. Se estiver se inscrevendo com a Go! Go! Nihon, nossa equipe aconselhará você sobre o que é necessário fazer ao longo do processo.

Observe que os procedimentos de entrada no caso de uma eventual suspensão da proibição de entrada ainda não foram confirmados. 

O exame de Covid-19 para entrar no Japão

O exame de Covid-19 é obrigatório para qualquer pessoa que entrar no Japão (desde outubro de 2020). Os resultados do exame deverão ser negativo e acompanhados de um formulário por escrito que deverá ser preenchido pela instituição responsável pelo exame.

Leia nosso artigo para mais informações sobre os tipos de testes de Covid-19 válidos no Japão e quais informações são necessárias preencher no formulário.

quarantine paper

Sobre a quarentena

Observe que as informações são do dia 7 de junho. Verifique o site do Ministério das Relações Exteriores do Japão para obter mais informações atualizadas. 

Todos que entrarem no Japão deverão completar 14 dias de quarentena. Contudo, o Japão adotou várias regras diferentes de quarentena para pessoas que retornam de países diferentes. 

Quarentena de 10 dias em instalação  indicada pelo governo 

Cidadãos japoneses e residentes que estiveram nos seguintes países (nos últimos 14 dias):
– Afeganistão
– Índia
– Paquistão
– Nepal
– Bangladesh
– Maldivas
– Sri Lanka

Essas pessoas deverão ficar 10 dias em uma instalação indicada pelo governo.

O teste PCR para Covid-19 é obrigatório ao chegar no Japão, assim como, nos 3°, 6° e 10° dias da quarentena.

Todos os testes precisam ser negativos para ser liberado da instalação indicada pelo governo e também para continuar o resto da quarentena em sua própria moradia.

Quarentena de 6 dias em instalação indicada pelo governo

Cidadãos japoneses e residentes estrangeiros no Japão que estiveram no Vietnã, Malásia e Reino Unido nos últimos 14 dias precisam permanecer em uma instalação de quarentena indicada pelo governo por 6 dias antes de seguirem para sua própria acomodação.

Um teste PCR contra Covid-19 é obrigatório na chegada ao Japão, bem como, nos 3° e 6° dias de quarentena.

Se os testes forem negativos, você poderá continuar o resto da quarentena em sua própria acomodação.

Quarentena de 3 dias em instalação indicada pelo governo 

Cidadãos japoneses e residentes estrangeiros no Japão que estiveram nos seguintes países e regiões nos últimos 14 dias precisarão completar quarentena de 3 dias em uma instalação indicada pelo governo. Eles devem testar negativo no teste PCR na chegada ao Japão e no 3° dia antes de completar o resto da quarentena em sua própria acomodação:

– África do Sul
– Alemanha
– Áustria
– Bélgica
– Brasil
– Cazaquistão
– Dinamarca
– Emirados Árabes Unidos
– Espanha
– Estônia
– Filipinas
– Finlândia
– França
– Grécia
– Holanda
– Hungria
– Irlanda
– Itália
– Jordânia
– Líbano
– Luxemburgo
– Nigéria
– Peru
– Polônia
– Província de Ontário, Canadá
– República Tcheca
– Suécia
– Suíça
– Tailândia
– Tunísia
– Ucrânia

Os que estiverem em países não listados acima podem completar sua quarentena em sua própria acomodação durante todos os 14 dias.

Considerando que não será possível utilizar o transporte público para ir do aeroporto ou hospedagem do governo até a sua própria moradia, é crucial providenciar um lugar para ficar e transporte antes de chegar, pois não será preciso se preocupar com este assunto após o desembarque. Você pode providenciar um meio de transporte particular ou sua escola pode ajudá-lo com o transporte. Entre em contato conosco se tiver dúvidas sobre o assunto. 

Em sua própria acomodação de quarentena, será preciso garantir acesso a um quarto e banheiro privados. Lembre-se que sua escola pode solicitar um local especifico para quarentena.

Desde março de 2021, todos os que entram no Japão precisam baixar um aplicativo de monitoramento de saúde/quarentena em seu smartphone. O aplicativo deverá ser utilizado durante a quarentena de 14 dias.

No controle da quarentena

É importante levar a sério o período de quarentena a fim de evitar a propagação do vírus. Isso significa que só se deve sair da hospedagem quando for realmente importante fazê-lo e evitar os horários de pico, como a noite, quando muitas pessoas estão voltando do serviço.

Repetimos que é crucial seguir as regras, sob risco de deportação. 

É claro que você vai precisar de comida e água durante a quarentena, então, às vezes, saídas para a loja de conveniência ou supermercado são inevitáveis. Contudo, caso tenha condições, recomendamos pedir comida e mantimentos pela internet, para evitar supermercados e restaurantes movimentados.

Leia mais sobre como pedir comida durante a quarentena no Japão.

O período de quarentena de 2 semanas também é ideal para revisar seu japonês. Leia nossas dicas de como aprender japonês durante a quarentena.

Caso possua uma conta na Netflix, provavelmente será muito utilizada durante esse período, então, por que não aprender a língua japonesa? Entenda como em nosso artigo.

Stone statue wearing a face mask

O que fazer caso seja infectado pela Covid-19

Se apresentar sintomas de Covid-19, como febre de 37,5°C, fadiga e dificuldade para respirar, ligue imediatamente para o centro de saúde público local ou para a linha direta para Covid-19. 

Leia nosso artigo para obter informações mais abrangentes sobre o que fazer para estar preparado em caso de testar positivo para Covid-19. 

Para mais informações de Covid-19 no Japão

Você pode encontrar informações atualizadas sobre a situação da Covid-19 no Japão por meio dos seguintes sites: 

JNTO (Organização Nacional de Turismo do Japão)

NHK World News

Ministry of Foreign Affairs Japan

Você também pode entrar em contato com o consulado japonês local, pois eles devem ter as informações mais recentes sobre a situação no Japão.

Não hesite em entrar em contato com a nossa equipe se tiver qualquer dúvida ou pergunta sobre sua inscrição.