Artigo atualizado em 5 de Abril de 2020

Sabemos que você provavelmente está preocupado com a situação do coronavírus no Japão, então preparamos este comunicado sobre a situação atual.

O Governo Japonês ainda não declarou estado de emergência, mas é possível que seja declarado nos próximos. De forma preventiva, nossa equipe em Tokyo está agora trabalhando de casa, para evitar a propagação do vírus.

A recomendação do governo é que as pessoas não saiam durante a noite ou finais de semana para passear, que evitem locais aglomerados ou ambientes fechados com muitas pessoas.

Medidas preventivas adotadas pelo governo japonês

O Japão está e continuará tomando precauções para limitar a propagação do vírus, isolando casos conhecidos e realizando verificações adicionais em todos os pontos de entrada no país.

O Japão também fechou sua fronteira para os viajantes de diversos países. Você pode ver a lista completa aqui.

Parques públicos estão fechados, para evitar aglomerações devido à florada das sakuras. As escolas públicas também estão fechadas até dia 6 de Maio.

O governo também anunciou que irá distribuir máscaras de pano para 50 milhões de lares japoneses, para ajudar com a escassez de máscaras no país.

Medidas preventivas das escolas de idiomas

Nossas escolas parceiras estão adotando várias medidas preventivas, como oferecer gel desinfetante nas salas e exigir uma quarentena dos alunos vindo de China antes que eles possam comparecer às aulas. Algumas escolas também adiaram o início das aulas, e irão prover aulas online ou de reposição para compensar os dias perdidos.

O Ministério de Justiça, responsável pela regulamentação das escolas de idioma, informou que não houve nenhum caso confirmado do vírus em nenhuma escola de idioma, mas pediu às escolas que tomem as medidas que acharem necessárias para minimizar a proliferação do vírus, incluindo o fechamento da escola, caso necessário.

Caso alguma escola feche devido à infeção de um aluno pelo coronavírus, serão adotadas as seguintes regras:

  • A porcentagem de presença em aula dos alunos não será afetada, as escolas contarão as aulas como “frequentadas”, mesmo que os alunos não participem das aulas. 
  • As escolas fornecerão aulas ou materiais de compensação aos alunos pelo período que estiverem fechadas.
  • As escolas podem fazer aulas on-line durante ou após esse período, mas o número de aulas on-line será minimizado 

Se você tiver alguma dúvida sobre os planos da sua escola, por favor entre em contato conosco diretamente.

Medidas preventivas pessoais

 Segundo a Organização Mundial da Saúde, a melhor forma de evitar a infecção pelo coronavírus é fazer o mesmo que para outras infecções virais respiratórias, como o resfriado comum e a gripe sazonal: 

  • Lave as mãos regularmente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. 
  • Use um desinfetante para as mãos à base de álcool que contenha pelo menos 60% de álcool, se sabão e água não estiverem disponíveis. 
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas 
  • Evite o contato com pessoas doentes 

Recomendamos que todos incorporem essas precauções em suas vidas diárias, onde quer que estejam.

Em relação ao Visto de Estudante e adiamentos

O Visto de Estudante é emitido especificamente para o curso que você se matricular. Após levar o seu Certificado de Elegibilidade até o consulado e receber seu visto, você terá um prazo fixo para entrar no Japão. Após esse prazo, o visto não poderá mais ser usado.

Isso significa que infelizmente não é possível adiar um visto de abril para vir ao Japão em julho, será preciso pedir um novo visto e fazer todo o processo novamente, incluindo o envio dos documentos e aprovação da escola. O processo de emissão de visto de estudante demora vários meses, pedindo um novo visto agora em março só será possível vir ao Japão em outubro. Para maiores informações, por favor entre em contato.

O Seguro Nacional de Saúde do Japão

De acordo com o Ministério da Saúde do Japão, testes do coronavírus serão cobertos pelo seguro público japonês, uma iniciativa do país para controlar a propagação do vírus causador de pneumonia.

Se você contrair o coronavírus enquanto estuda no Japão, seus cuidados de saúde já estão parcialmente cobertos pelo Seguro Nacional de Saúde do Japão, obrigatório para todos os portadores de visto no Japão. O seguro nacional de saúde do Japão cobre 70% das despesas médicas. Algumas escolas cobrem os 30% restantes com um seguro próprio, incluso na mensalidade. 

Mantendo-se informado

Esperamos que com essas informações você agora se sinta mais informado sobre a situação atual e as medidas que o Japão está tomando para garantir a segurança de seus cidadãos e visitantes. 

Para manter-se atualizado sobre as últimas notícias sobre o coronavírus, recomendamos verificar fontes de notícias confiáveis, como a Organização Mundial da Saúde.

Para informações oficiais sobre a situação no Japão, recomendamos que acesse o site Japan Travel.

Enquanto isso, se você tiver alguma dúvida sobre a situação atual do coronavírus e como isso afeta a situação dos estudantes no Japão, não hesite em entrar em contato.